Budismo - Sangha Online
DÚVIDAS SOBRE O BUDISMO?

Registre-se e nos envie sua pergunta que talvez possamos ajuda-lo, independente de sua religião!
Todos são bem-vindos para dialogarem e pesquisarem aspectos do Budismo. Registrando-se você poderá enviar suas dúvidas particularmente à Administração ou à Comunidade, como exemplos:

No Budismo não podemos ter desejos?
Como o Buddha comia carne? E o vegetarianismo?
O Nirvana é o vazio? É eterno e é uma extinção do ser?
O que significa não-eu? O Budismo é niilista?
O que é prazer no Budismo? E paz interior?
Budismo crê em Devas, logo ele é Politeísta?
No Budismo nos isolamos? Como se relacionar com pessoas?
Como meditar? Budismo crê em super-poderes?!
Posso praticar sem crer no renascimento?
Budismo é religião ou filosofia? Por que há tanta idolatria?


Dialogue sobre essas e outras questões aqui.


Comunidade dedicada a simpatizantes e seguidores (de todas as escolas) do Budismo, visando à pesquisa e ao diálogo. Participe!
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Se você já se registrou, apresente-se aqui e tire suas dúvidas sobre Budismo!
Registre-se para expor seus pontos de vista - isso independe de sua religião!
Bem-vindo
Bem-vindo ao Fórum Sangha Online!

Registre-se para dialogar com outras pessoas interessadas no Budismo e para ter acesso a todo o conteúdo para pesquisa sobre o mesmo.

Qualquer dúvida, ficaremos felizes em ajudar!
Últimos assuntos
» Grupo, sobre Budismo, no Whatsapp
por  matheus_ps
Ontem à(s) 0:26

» O Samsara
por  Erick
Qua 28 Jun 2017 - 12:46

» A Meditação e o Mosquito: Uma Reflexão Sobre Concentração e Virtude
por  Erick
Qua 28 Jun 2017 - 12:41

» A descrição de Arahants e Ariyas para Nirvana
por  Administrador
Dom 11 Jun 2017 - 8:07

» Bom dia - pergunta
por  Erick
Qui 1 Jun 2017 - 8:25

» Oferendas
por  Administrador
Sab 13 Maio 2017 - 13:54

» Meditação altera genes
por  Administrador
Sab 13 Maio 2017 - 13:16

» Sobre este Fórum: Fale sobre sua Experiência Meditativa
por  Administrador
Sab 13 Maio 2017 - 13:03

» Quem somos - Objetivos do Fórum
por  Administrador
Sab 13 Maio 2017 - 12:53

» Nova Tradição Kadampa [+Seita?]
por  Nyendrag Yeshe
Qua 10 Maio 2017 - 22:40

Geral
Quem somos
Regras Gerais
Apresente-se
Precisa de ajuda?
Por que Sangha Online?
O Básico do Budismo
Introdução ao Budismo
A Vida de Buda
Tire suas Dúvidas!
O que o Budismo não é
Como meditar
5 Preceitos para Virtude
Meditação altera genes
Dúvidas Frequentes
Budismo é religião?
Budismo é ateísta?
Como virar budista?
O que é Fé no Budismo?
Preciso ser vegetariano?
O que significa o Lótus?
Votação
Atualmente, qual preceito você tem mais dificuldade para manter?

 
Abstenção de matar intencionalmente.

 
Abstenção de tomar o que não foi dado (roubar).

 
Abstenção de conduta sexual imprópria.

 
Abstenção de linguagem incorreta.

 
Abstenção de tomar álcool e outros embriagantes.
Exibir resultados
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum






Compartilhe | .
 

 Ajahn Brahm sobre um noviço de Ajahn Chah - Permita que as coisas parem!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Administrador

Admin
avatar

Masculino
Local : SP
Define-se budista? : Sim
Mensagens : 472

Mensagem Seg 21 Abr 2014 - 23:46

Enquanto permaneço um pouco ausente, outra pequena tradução de Ajahn Brahmavamso, referente à prática de meditação, proveniente de uma de suas palestras a praticantes do Zen-Budismo (para aqueles que estão cansados de me verem falar de Ajahn Brahm, saibam que pretendo traduzir outros monges como Ajahn Anan Akiñcano assim que tiver tempo rs):
"[...] Pode ser muito assustador adentrar a meditações profundas. Vocês sabem o motivo? É porque 'você' tem que desaparecer antes de adentrar a elas. Você precisa se desapegar de você mesmo, ou daquilo que você toma como sendo você. Esse é o motivo pelo qual é maravilhoso ser capaz de se livrar completamente dessa pessoa aqui dentro que está sempre criando debates, conversando e tomando decisões. Apenas permita que as coisas parem por elas mesmas. Certa vez em nosso monastério, na Tailândia, havia um jovem noviço que estava ouvindo a uma palestra do nosso professor - Ajahn Chah. Ajahn Chah podia falar e falar e falar e falar por muitas horas - eu prometo que não irei tão longe também! Ele continuava falando, e falando e falando e esse pequeno noviço estava pensando: 'Quando é que ele vai parar? Quando é que ele vai parar?'. Horas após hora esse jovem noviço permanecia pensando - 'Quando é que Ajahn Chah irá parar?', e então o noviço teve o que nós chamamos de um insight. Em vez de pensar 'Quando é que Ajahn Chah irá parar?', ele pensou: 'Quando é que eu irei parar?' - e ele parou. Quando ele emergiu de sua meditação muitas horas depois o saguão estava vazio [Os monges, nessa tradição, costumam ouvir a palestra de seus mestres posicionados em meditação, de olhos fechados. Geralmente, a intenção é usar as palavras do mestre para acalmar a mente ao mesmo tempo em que o ensinamento e o conteúdo delas é assimilado]. Ajahn Chah havia partido para sua cabana e o noviço estava apenas sentado lá, feliz e imerso em bem-aventurança. Ele tinha parado. Não é maravilhoso parar?
Todas as vezes em que nós nos deparamos com a luz vermelha de um semáforo ela está nos ensinando Budismo - pare! Vocês sabiam que em Delhi as luzes do trânsito não possuem as letras 'P.A.R.E.' escritas na luz vermelha? Em vez disso elas mostram: 'R.E.L.A.X.E.'! Assim, quando as pessoas chegam diante de uma luz de um semáforo em Delhi, em vez de ficarem tensas elas veem esta bela palavra: 'relaxe'. É disso que se trata a meditação: nessa parada há felicidade. Quanto mais você para, mais felicidade você tem e esse é o motivo pelo qual meditação lhe fornece essa alegria interior, essa felicidade interior. Ao parar, você energiza a mente. Você fortalece o corpo ao exercitá-lo, mas no que concerne à mente, você a energiza ao pará-la e acalmá-la."
(traduzido de Jhana Meditation, págs. 144 - 145 - DhammaTalks)

Vale destacar os trechos do Anapanasati Sutta que ressaltam que a meditação da respiração deve ser dirigida para tranquilizar as formações (sankharas):
"[Buda]: Como, bhikkhus, a atenção plena na respiração é desenvolvida e cultivada de modo que traga grandes frutos e grandes benefícios?
Aqui um bhikkhu, dirigindo-se à floresta ou à sombra de uma árvore ou a um local isolado; senta-se com as pernas cruzadas, mantém o corpo ereto e estabelecendo a plena atenção à sua frente, ele inspira com atenção plena justa, ele expira com atenção plena justa.

[...] Ele treina assim: ‘eu inspiro tranqüilizando a formação do corpo [da respiração]’; ele treina assim: ‘eu expiro tranqüilizando a formação do corpo [da respiração].’

[...] Ele treina assim: ‘eu inspiro experienciando a formação da mente’; ele treina assim: ‘eu expiro experienciando a formação da mente.’ Ele treina assim: ‘eu inspiro tranqüilizando a formação da mente’; ele treina assim: eu expiro tranqüilizando a formação da mente.’" - (retirado de Anapanasati Sutta - acessoaoinsight)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://sangha-online.forumeiros.com
luciano tadeu

Discípulos
avatar

Masculino
Local : guariba - sp
Define-se budista? : Sim
Mensagens : 31

Mensagem Ter 29 Abr 2014 - 12:13

muito obrigado!
Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Ajahn Brahm sobre um noviço de Ajahn Chah - Permita que as coisas parem!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» AAAS: O que os cientistas pensam sobre religião?
» Sobre este Forum de Bibliologia...
» Sobre sites de Química!
» Problema sobre conjuntos 2
» [Ajuda] Questão sobre Triângulo.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Budismo - Sangha Online :: Estudos sobre a Meditação e Prática Budista :: Conselhos para a Prática-