Budismo - Sangha Online
DÚVIDAS SOBRE O BUDISMO?

Registre-se e nos envie sua pergunta que talvez possamos ajuda-lo, independente de sua religião!
Todos são bem-vindos para dialogarem e pesquisarem aspectos do Budismo. Registrando-se você poderá enviar suas dúvidas particularmente à Administração ou à Comunidade, como exemplos:

No Budismo não podemos ter desejos?
Como o Buddha comia carne? E o vegetarianismo?
O Nirvana é o vazio? É eterno e é uma extinção do ser?
O que significa não-eu? O Budismo é niilista?
O que é prazer no Budismo? E paz interior?
Budismo crê em Devas, logo ele é Politeísta?
No Budismo nos isolamos? Como se relacionar com pessoas?
Como meditar? Budismo crê em super-poderes?!
Posso praticar sem crer no renascimento?
Budismo é religião ou filosofia? Por que há tanta idolatria?


Dialogue sobre essas e outras questões aqui.


Comunidade dedicada a simpatizantes e seguidores (de todas as escolas) do Budismo, visando à pesquisa e ao diálogo. Participe!
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Se você já se registrou, apresente-se aqui e tire suas dúvidas sobre Budismo!
Registre-se para expor seus pontos de vista - isso independe de sua religião!
Bem-vindo
Bem-vindo ao Fórum Sangha Online!

Registre-se para dialogar com outras pessoas interessadas no Budismo e para ter acesso a todo o conteúdo para pesquisa sobre o mesmo.

Qualquer dúvida, ficaremos felizes em ajudar!
Últimos assuntos
» Grupo, sobre Budismo, no Whatsapp
por  matheus_ps
Ter 25 Jul 2017 - 0:26

» O Samsara
por  Erick
Qua 28 Jun 2017 - 12:46

» A Meditação e o Mosquito: Uma Reflexão Sobre Concentração e Virtude
por  Erick
Qua 28 Jun 2017 - 12:41

» A descrição de Arahants e Ariyas para Nirvana
por  Administrador
Dom 11 Jun 2017 - 8:07

» Bom dia - pergunta
por  Erick
Qui 1 Jun 2017 - 8:25

» Oferendas
por  Administrador
Sab 13 Maio 2017 - 13:54

» Meditação altera genes
por  Administrador
Sab 13 Maio 2017 - 13:16

» Sobre este Fórum: Fale sobre sua Experiência Meditativa
por  Administrador
Sab 13 Maio 2017 - 13:03

» Quem somos - Objetivos do Fórum
por  Administrador
Sab 13 Maio 2017 - 12:53

» Nova Tradição Kadampa [+Seita?]
por  Nyendrag Yeshe
Qua 10 Maio 2017 - 22:40

Geral
Quem somos
Regras Gerais
Apresente-se
Precisa de ajuda?
Por que Sangha Online?
O Básico do Budismo
Introdução ao Budismo
A Vida de Buda
Tire suas Dúvidas!
O que o Budismo não é
Como meditar
5 Preceitos para Virtude
Meditação altera genes
Dúvidas Frequentes
Budismo é religião?
Budismo é ateísta?
Como virar budista?
O que é Fé no Budismo?
Preciso ser vegetariano?
O que significa o Lótus?
Votação
Atualmente, qual preceito você tem mais dificuldade para manter?

 
Abstenção de matar intencionalmente.

 
Abstenção de tomar o que não foi dado (roubar).

 
Abstenção de conduta sexual imprópria.

 
Abstenção de linguagem incorreta.

 
Abstenção de tomar álcool e outros embriagantes.
Exibir resultados
Quem está conectado
2 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 2 Visitantes

Nenhum






Compartilhe | .
 

 Uma duvida,varias duvidas, e destas mais duvidas .....

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
samuk190

Discípulos
avatar

Masculino
Define-se budista? : Não
Mensagens : 13

Mensagem Seg 12 Jan 2015 - 20:40

eu procurei em toda a internet, é uma duvida que não sai da cabeça e claro tira até a paz kkk dificil ver algo relacionado ao assunto

por exemplo eu vi nesse topico sobre o sexo antes do casamento

mas tambem casamento não é considerado uma coisa ''mundana''?
Pois é apenas um contrato

se dois individuos se amam, estão namorando juntos, não podem transar? tipo isso!?

no clima, no calor do momento, no respeito mutuo e vontade aflorados..... recusar a transar seria sofrimento tambem  '-'....

O que o cristianismo pensa sobre isso.
A gente sabe que muitas religiões não permitem fornicação, sendo provado que as escrituras(Biblia) são mal traduzidas pois há relatos que a palavra porneia se referia a prostituição e não a fornicação


O que os arabes pensam sobre isso:

O mesmo! eles usam a base do alcorão




O que os espiritas pensam sobre i sso
eles não acreditam na biblia, para eles não existe tal regra, des de que, claro o relacionamento, não gere consequencias que machuquem,o sentimento da outra pessoa, e nao te prejudique!



O que alguns budistas pensam sobre isso

Quase o mesmo dos espiritas eu estava l endo em varios blogs, porem este forum eu achei diferente, ao concordar com o casamento




Hoje em dia temos tecnologias, as pessoas antigamente, faziam sexo, e tinham filho, e muitos não tinham coragem de assumir, ai  é mais que obvio( que era obrigado casar antes), Para evitar que tal fato acontecesse
Hoje temos anticoncepcionais preservativos etc que se combinados conseguem fazer  que uma  pessoa tenha muito mais ''prazer'' antes de ter a responsabilidade de ficar gravída ou ser pai.


Hoje a modernização do namoro, é muito bom, mas nem todo mundo tem mente para isso
As pessoas namoram e muitas vezes não criam um compromisso, legal, serio e amoroso

na minha opinião, claro duvidosa e leiga, não tem problema alguem transar, acho que pouco afetará na vida da pessoa, a questão é ela fazer o bem, não julgar n inguem, não ferir os sentimentos de ninguem, não fazer  coisas erradas.

Argumentos e relatos:
Um casal de namorados namora a 15  anos, nunca pensou em  casar e nunca teve filho, namoram normalmente, vivem felizes(claro que eu nao estou na mente deles para saber se isso é verdade, mas eles vivem bem, em relação a outras pessoas)


agora  numa situação dessas>

Um casal esta namorando, tem as mesmas convicções, se amam de verdade e se comprometem com isso, de nunca ferir um ao outro,respeitarem,viverem felizes, e ter aquela magia  do amor
ai resta a duvida para os dois
os dois gostam muito de sexo, sem antes mesmo terem feito, sempre quiseram ''experimentar'' com a midia na tv que passa muitas cenas de sexo, em todo o lugar, a pressão da sociedade
só faz lembrar algo inevitavel, '' eu tenho uma namorada, bonita, linda, respeito ela, quero sempre o melhor para ela, mas morro de vontade  de transar, (note que morro é apenas um sentido mais forte a vontade)''

Não posso me casar, nem ela, eu tenho 16 vou fazer  17 e ela tem 17
e mesmo assim, não temos dinheiro, e tambem a igreja não apoia uum casamento assim entre pessoas ''tao jovens na visão deles''
para casar hoje em dia é necessario casa, carro, etc ,etc 

Alguns budistas falam sobre CAUSA E EFEITO




Se por exemplo ''eu transar com minha namorada, usando preservativo e ela anticoncepcionais'' 
O unico beneficio será o prazer, a paz de estar namorando e gostando! e dando um sentido a vida
Mas quais seriam os contras? Existem?


SE eu me casar antes de transar, meu relacionamento vai durar mais? 
Isso é bem controversio, pois divorcios existem em todos os lugares, somente o verdadeiro amor(creio eu) que dura para sempre








Claro que estamos falando aqui de um amor que não exige nada em troca, e sim um beneficia o outro, e claro um quer o melhor para o outro, o amor verdadeiro creio eu é aquele, que mesmo que a pessoa se vá um dia, ao invez de você ficar com raiva , você vai deseja-la muita felicidade e prosperidade. mesmo que ela de alguma maneira tenha ferido seus sentimentos algum dia...

Mais deixo aqui mais uma nota,existem muitas pessoas mal intencionadas, e pessoas leigas a ponto de detectar essas pessoas, por isso foi feito essa obrigação de casar,creio que as pessoas tem que ser mais do bem,e viver no bem, sem ter que provar nada, ou regra para nada...



---------------------

Aqui vão algumas perguntas : Casamento , não é na verdade a junção das almas dessas duas pessoas quando se amam realmente ? o que um papel vai mudar, ou uma cerimonia? 


Nâo é estranho as religiões 90% delas serem contra o sexo antes do casamento?
Digo, por que? para alguns em paises mais religiosos é facil se casar até nos 13  anos de idade, ai é facil namorar e transar, claro
mas em alguns paises mas modernos como o nosso, pessoas se casam aos 25 anos, quer dizer esperar até essa idade não é um sofrimento exagerado?



A Culpa , tambem não é um sofrimento? Uma pessoa que é religiosa, sabia que  não podia transar, transou com o namorado, e agora senti uma enorme culpa!, e por causa dessa culpa abandonou o amor pelo namorado....


mas a minha pergunta final é, sabemos que nao existe um certo ou errado na sexualidade, segundo o budismo, mas, existe um melhor caminho, a questão é ''Tenho uma namorada otima, sentimos muita vontade de ter uma intimidade um com o outro, temos respeitos, nos vamos ao cinema, e quando voltamos para a casa, xiii né vocês já sabem.... nos somos normais, apenas, temos essa grande duvida,e essa grande regra que cerca a humanidade, por que não podemos fazer agora, saciar um com o outro, (claro usando metodos tecnologicos como preservativos,etc)
e namorar'' ?


obs>: desculpa erros de portugues, teclado de borracha é dificil de digitar!
Pretendo seguir alguns ensimanetos do budismo, mas a minha atual filosofia que aprendi ao longo de minha curta vida (haha sou muito jovem)
Não fazer mal a ninguem, Não julgar ninguem,Não ferir sentimentos ou ofendem alguem
Não se ofender, se julgar, ou se menosprezar, não roubar ninguem. ter bom caratér.
De resto, tudo o que fizer, é beneficio!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Administrador

Admin
avatar

Masculino
Local : SP
Define-se budista? : Sim
Mensagens : 472

Mensagem Qua 14 Jan 2015 - 21:03

Olá!  Feliz
Até hoje não sei dizer se existia alguma norma sobre sexo somente após o casamento  Não entendi
Mas bem, se você quer saber o que pode ou não fazer de acordo com o Budismo, lembre-se que a base sempre é a Intenção / Atitude, isso é, a motivação MENTAL. Se você quer julgar se uma ação pelo corpo ou se uma fala pela linguagem estão corretos, sempre lembre-se de voltar a intenção, a tua atitude - por que você fez aquilo? Qual foi o motivo? É por que está entediado? Está cansado? Quer se distrair? Quer trazer benefício a alguém? Quer 'matar' o tempo? Quer fazer algo que te trará conhecimento útil? Qual o motivo?
Aí acontece que a prática budista é dividida em "ESTÁGIOS". Mas o mínimo para iniciar o treinamento budista que o Buddha estabeleceu foi seguir os 5 preceitos:
1 - Não matar intencionalmente nenhum ser vivo;
2 - Não roubar aquilo que não te pertence;
3 - Não praticar Linguagem Incorreta;
4 - Conduta sexual apropriada - não sei sobre sexo e casamento para ser honesto;
5 - Não tomar álcool e outros embriagantes.
Se for fazer sexo antes do casamento, eu acho que tudo bem DESDE QUE haja intenções benéficas ali.
Agora, sexo é MUNDANO? É. Aí é que está o ponto da prática budista ser dividida em estágios.
Primeiro, é preciso lembrar do CAMINHO DO MEIO. O Buddha disse que a Paz não está nem no extremo da indulgência dos prazeres sensuais (isso é, achar que felicidade é ficar desfrutando o máximo possível de prazeres sensoriais, como comer e ouvir música, e prazeres mundanos, como ter pertences materiais e boa reputação, elogio, fama). Mas também a Paz não está no outro extremo de evitar isso ao máximo e buscar aquilo que contraria os prazeres sensuais, isso é, jejum exagerado, isolamento total do mundo, um estilo de vida que atraia críticas, entre outros.
O Buddha advogada o Caminho do MEIO, é um caminho equilibrado. Não é nem EXAGERAR nos prazeres sensuais, nem querer EVITÁ-LOS A QUALQUER CUSTO. É apenas usar as coisas do mundo com sabedoria e frugalidade, inclinando a mente cada vez mais para usar as coisas do mundo com intenção por aquilo que será feito de bom, e não pelo prazer sensual em si.
Frugalidade é contentamento em ter pouco. A medida que o praticante avança, é necessário que esse sentimento de se sentir feliz com pouco aumente, de tal maneira que o praticante sinta menos necessidade de buscar prazeres sensuais - só que isso é GRADUAL. Não adianta um praticante INICIANTE já querer se enfiar dentro de uma caverna, comer uma vez ao dia e meditar 12 horas seguidas rs.
Então, começamos com os 5 preceitos como base, e a medida que avançamos, podemos ensinar a mente a encontrar mais a felicidade no Desapego e Renúncia e precisar menos dos prazeres sensuais. Mas isso depende do nível espiritual de cada um.
E o que isso tem a ver com Sexo?
Bom, dependendo do nível do praticante, o celibato (abstenção de prática sexual) vem naturalmente. O praticante pode alcançar tal nível de satisfação e contentamento espiritual, que ele sequer sente vontade de fazer sexo.
Para quem já teve uma experiência meditativa de êxtase suficientemente profundo, percebe que a mente é permeada por uma satisfação que acalma, que tranquiliza, de tal maneira que a mente não sente muito vontade de fazer algo "mundano". Ela não sente necessidade de mudar algo no corpo, de comer, de fazer algo diferente. O praticante sai da meditação, abre os olhos e se sente perfeitamente contente onde está - sentado de pernas cruzadas. Não há desconforto, não há desejo por alguma outra coisa, não há ansiedade - há apenas tranquilidade.
Para um praticante mais avançado, a mente acaba se habituando a se refugiar nessa tranquilidade. Se ela quer prazer, ela já não vai buscar tanto o prazer das coisas mundanas ou sensuais - ela recorre mais ao "prazer" do êxtase, da tranquilidade, da paz, do silêncio. 
Então, o sexo é algo que pode ser praticado, desde que com intenções benéficas. Mas a medida que o praticante avança, a tendência é que ele abandone o prazer do sexo por prazeres mais profundos e sublimes. Mas isso depende do nível de cada um  Feliz
Budismo não é uma religião que quer obrigar as pessoas a abandonarem o sexo, ou coisa parecida. O MÍNIMO são os 5 preceitos, sempre buscando intenções benéficas. Se for fazer sexo, com intenções benéficas, moderação e calma. A medida que se avança na prática, a pessoa pode renunciar a esse prazer por um prazer maior.

E cuidado para não confundir os sofrimentos. "Se a pessoa no calor do momento recusar-se a transar não é sofrimento?"; essa pergunta é muito relativa, porque depende do nível de prática do treinando!
E lembre-se também que há 2 tipos de sofrimento - o sofrimento proveniente do Desejo, que queremos abandonar a partir do cultivo de intenções benéficas; e o sofrimento proveniente da Prática, que é a tensão advinda do nosso esforço consciente para ir contra nossos hábitos. Mas se encaramos esse segundo tipo de sofrimento e mudamos nossos hábitos, nos aproximamos da Verdadeira Paz! 

Então, eu não vejo problema na prática do Sexo. Lembre-se que para julgar se algo é adequado ou não, olhe para a intenção. 
Você disse que uma das coisas importantes é "não ofender alguém". Se você for olhar, isso também é relativo! Às vezes você diz algo com intenções benéficas, mas a outra pessoa se ofende. Se você for olhar, você não fez nada de errado - não havia a intenção ruim de ofender. Talvez não tenha sido inteligente o suficiente para perceber que a outra pessoa não ia saber tirar proveito de algo que você disse, mas a intenção não foi ruim, o problema foi na mente da outra pessoa, que recebeu seu comentário e filtrou aquilo como algo ofensivo. Se você for sábio, pode pedir desculpa para esclarecer que sua intenção não era ruim, mas não haverá motivo em momento algum para sua consciência ficar pesada, porque sua intenção / motivação não foi ruim em momento algum. Então, é meio difícil dar normas rígidas - ser correto é fazer isso, isso e isso. Depende da intenção!  Muito feliz
Então, pode-se praticar o sexo, mas fique atento à intenção. Não seja agressivo, violento, desesperado ou dependente disso - seja moderado e equilibrado!
E a medida que puder abrir mão de prazeres sensuais e mundanos, vá fazendo isso, mas devagar.
A prática budista é, no começo, sobre aprender a buscar menos a felicidade no exterior e mais a felicidade na sua intenção. Sua felicidade não estará mais tanto no que as pessoas dizem, no que você está fazendo no mundo, no que você está experimentando ou se alguém retribui seus sentimentos; mas sim no proveito que você souber tirar do que os outros disserem, da sua motivação seja lá no que você estiver fazendo, o uso que você fizer de qualquer experiência que vier - é a intenção que importa.
Mesmo se você ama alguém, e essa pessoa não retribui seu amor, você pode ensinar a sua mente a não sofrer por isso, porque sua felicidade não está mais lá fora - está dentro de você, na sua intenção.
Sua felicidade está em amar, não tanto em ser amado. Isso é amor incondicional. Independente do que vier, as portas do seu coração estão abertas. Sua paz não está no mundo ou nas pessoas, mas na sua atitude diante disso tudo.
Isso não é fácil, mas é muito bonito. Comece treinando com o básico (5 preceitos), e vá inclinando a mente mais para os prazeres espirituais do que os mundanos lentamente!  Feliz
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://sangha-online.forumeiros.com
samuk190

Discípulos
avatar

Masculino
Define-se budista? : Não
Mensagens : 13

Mensagem Qua 14 Jan 2015 - 23:45

Claro,rs, sou Muito iniciante , tem que ter paciência... e tipo vou praticar, por que preciso de paz e concentração, até mesmo nos estudos apesar de eu ser inteligente(todos são, mas tem que desenvolver) tiro má notas na escola, minha mente nem sempre fica concentrada, ela engana e isso é uma prova..

ah e sobre o sexo,quando não sentir mais a necessidade de fazer, ai, a namorada,esposa, vai ficar triste kkk, a menos que ela venha pro budismo...
e tambem, eu quis  dizer no ''sofrimento do momento'' ou seja, você se encontra numa situação em que, o parceiro tambem quer, e os hormônios da gente, fazem a gente fazer loucuras ou se a gente resistir, vira sofrimento. e depois de uma idade, quando você esquece que você passou por aquilo, fica mais facil pois o desejo ja foi embora , agora não é mais novo. porem sua memoria sempre estará manchada que um dia você quis muito algo, e não pode por causas sociais,religiosas,ou duvidosas,etc.
Por isso eu perguntei sobre o sexo antes ou depois do casamento, eu ja analisei muitas pessoas, e tipo, as que fizeram antes, e depois se casaram tiveram uma vida boa, então nem sempre tudo o que um lado afirma é certo, por exemplo, quem defende o sexo depois do casamento fala : Se você esperar você vai ter um casamento mais feliz, ai eu te pergunto como? Não tocar na namorada, vai fazer ela virar uma luz brilhante, e seu casamento vai se iluminar?????????
e é claro, se um dos dois praticantes, estiver, cansado, exausto,ao invez de ser benéfico vai ser maléfico, mas creio que na nossa juventude, é meio raro de acontecer sabe?
os padres, e de outras religiões que é obrigatorio o celibato,etc, fazem um individuo sofrer muito,pois ele não procurou desapegar desses desejos, e digo, cientificamente o sexo faz bem para a saúde,por isso que eu acho que ficar sem, sem estar preparado, vai ser maléfico...
o mundo engana bastante a gente, da pra perceber, quando você bebe coca cola, e depois vai beber agua sem sede, você ate evita a agua, pois acha ruim. Quando você está com sede, e bebe agua, a agua fica boa...
porem quando você bebe coca cola e depois de um tempo fica com sede, você vai em busca dessa coca cola, que da um prazer momentaneo '-'

as vezes eu me questiono certas coisas, acho que a gente ta aqui nesse lugar, para fazer bons momentos, boas memorias, e quando a gente tem uma vida benefica, creio que a proxima vida, pois todo mundo sabe que ninguem morre, não sei se o budismo acredita em alma, mas acredita em espirito certo?
quando a gente morre, a gente não vai para um espaço iinfinito, ou um céu que a gente fique lá a vida ''eterna'', por que eterna é infinita,ou seja seria mais de 10 trilhões de anos, 100 trilhões de anos, será que nao enjoaria um dia?,será que nosso destino seria ficar lá?
São coisas que a gente pensa.

Sobre paciência : Eu percebi que quando a gente lida com as situações de uma forma contente e alegre, nosso desempenho sobe, em determinadas coisas, nossa concentração.
invez de ficar toda hora bravo com alguma coisa, fique calmo.
um exemplo bem estranho(e tosco) por exemplo, eu tenho um videogame, me acalmando nas partidas, concentrando e ficando alegre, percebi que meu desempenho aumentou.

uma coisa que você citou, aqui no forum, foi sobre a felicidade em amar, sim já passei por isso, eu evitei sofrer, mas sofri um pouco sim,(ou muito), por que eu amava incondicionalmente uma pessoa...
digo, quando você ama, de verdade, você quer o bem da pessoa, mesmo que ela te maltrate,faça coisas ruins com você...
concordo com tudo o que você disse, eu sempre vou fazer coisas beneficas,a intenção claro é de demonstrar amor,afeto, viver uma vida feliz, e tambem claro pessoalmente ''aproveitar a juventude'' por que depois, não vai sentir tanta vontade mesmo não é (cai entre nós kk). um conjunto de coisas, eu so citei esse assunto por que é um tabu na sociedade ainda, (infelizmente) e muitos e muitas se sentem culpados, as vezes fizeram algo que lhes agradaram, mas a mente ficou com a culpa , ou se é por causa da sociedade, religião,etc
A gente pensa, enquanto nós temos regras , que não fazem sentido racional ou seja,não é malefica, como por exemplo mulher  não usar saia na igreja, enquanto, ao mesmo tempo a pessoa que obedece essa regra,faz algo ''incorreto, digo malefico, em algum sentido, por que todos fazemos isso na vida, quem nunca fez, provavelmente estará mentindo... uma simples ofensa, seja por internet, email ,etc, ou ficar bravo e descontar nos outros.... seria mais ''errado'' do que não obedecer uma regra da igreja, por exemplo.... ( é so um exemplo, pode se pensar em outros casos)

Sim todos possuímos regras seja das leis do pais, das leis da sociedade,da regiao,do municipio,do estado,etc... muita gente por exemplo tentou aprender os conceitos budistas, ser um budista, mas os pais, não deixaram.(todos temos direito a escolha,então isso seria ''errado'')

pode me dar uma afirmação mais concreta?
Sobre a dor de cabeça

Eu li em uma pagina de budismo, que a dor de cabeça, ao invez de resistir, nós temos que entrar dentro dela, e ver ela, pois ela se espalha(algo assim)
e tambem se tornar a dor, ao invez de resistir, deixar ela fluir
me explica direitinho?
vou treinar, com o basico do budismo.. (5 preceitos)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Administrador

Admin
avatar

Masculino
Local : SP
Define-se budista? : Sim
Mensagens : 472

Mensagem Qui 15 Jan 2015 - 20:17

Olha, não tem jeito mesmo rs...
Para praticar o Budismo, você tem que admitir que vai errar e sofrer diversas vezes, mas foi o que eu disse, existem 2 tipos de sofrimento - um que é natural na prática, e outro que é gradativamente abandonado. É algo que você precisa aprender a ver por si mesmo!

E cuidado com os conceitos e noções que você tem sobre uma vida benéfica. Eu disse já na tópico anterior e vou repetir: muitas coisas que pensamos são muito RELATIVAS  Feliz
Você disse que é difícil para os jovens não fazerem sexo, mas em culturas distantes da nossa, existem muitas CRIANÇAS que alcançam uma paz genuína meditando em florestas, ensinando pessoas e fazendo serviços voluntários. Não têm interesse em video-games, em namoro, em sexo, em fofoca ou em se achar melhor do que os outros - coisas comuns na adolescência da nossa cultura -, porque conhecem uma felicidade diferente.
Aquilo que você falou sobre coca-cola, é relativo também. Depende dos HÁBITOS e das EXPERIÊNCIAS da pessoa. Uma pessoa rica pode ir num restaurante muito chique e ficar extremamente insatisfeita com a refeição do dia porque ela não estava tão fresca como na semana anterior em que ela fora ao restaurante. Outra pessoa, uma africana por exemplo, que passa muita fome e dificuldade onde vive, poderia se sentir a pessoa mais feliz do mundo por receber um pão francês muxo, e ele poderia ser a coisa mais deliciosa do mundo para a pessoa, devido as coisas que ela está habituada a comer.

É por isso que o Buddha diz para desconfiarmos dessa mente que diz "Não gosto disso. Eu quero isso. Se você não fizer isso, vou sofrer. Não estou gostando dessa situação, preciso me distrair com algo. Ah! Vamos pensar sobre o que acharam de mim naquele momento maravilhoso!", tudo isso é RELATIVO! Depende muito de onde você vive, em que cultura você está inserido, quais são os seus pensamentos de costume, a que coisas do mundo você tem acesso, e que tipo de fenômenos seus sentidos estão acostumados a entrar em contato.

Conheço pessoas muito sociáveis que APARENTAM ser felizes, mas apenas passam uma imagem de alegres, quando no fundo são extremamente carentes.
Agora, você vai olhar por monges como Ajahn Brahmavamso ou Ajahn Sona que saem para meditar em isolamento por 6 meses, 1 ano, sem ver pessoas; e de repente voltam para a sociedade e são tão sociáveis quanto aqueles que aparentam ser felizes, mas não são. Como pode alguém sair da sociedade, ir meditar em cavernas de granito por 12 horas seguidas durante 6 meses, com uma refeição por dia, sem comida, sem sexo, sem jogos, sem distração?
Por que os discípulos de Ajahn Chah diziam que ele era a pessoa mais pacífica que eles haviam conhecido, sendo que ele tinha diabetes, havia encarado malária diversas vezes, nunca fizera sexo na vida, cresceu numa família simples da Tailândia, tornou-se monge com 9 anos, nunca ouvira música por prazer e tinha vários outros problemas de saúde?

Não estou te dizendo para você ir se isolar numa caverna rs. Como eu disse, a prática é gradual, e cada um deve avançar ao seu próprio ritmo, mas o sofrimento que aparece para a mente de lhe negar sexo, um copo de coca-cola ou porque a comida do restaurante rico que frequento não está tão fresca como na semana passada, que tipo de sofrimento é esse? E que tipo de felicidade é essa que esses monges e até crianças alcançam?

Eu estou apresentando dois extremos sobre felicidade e sofrimento para você ver como a nossa ideia do que é ser feliz ou triste é muito... "estranha". Tem alguma coisa errada!  Feliz
Nossa cultura faz a gente pensar que ser feliz é isso e que ser fracassado é aquilo, mas vá olhar para a mente como ela realmente é, além das convenções, além do que as pessoas te ensinaram ou te forçaram a pensar - vá conhecê-la como ela realmente é. Isso é Budismo.
E faz parte desse caminho abandonar gradativamente os prazeres do mundo e buscar a felicidade interior, mas isso depende do estágio de cada um. O Budismo é um ensinamento muito profundo, não tenha pressa para entendê-lo totalmente. 

Muitas coisas nessa prática só vêm quando paramos de buscá-las.


Vá com calma. Tente ser aos poucos uma pessoa mais equilibrada, que não precisa comer muito ou beber exageradamente para se sentir satisfeito. Questione as sensações do seu corpo - até que ponto são reais? Por que cada um vê o mundo de uma forma? Por que uma pessoa precisa de muito para ser feliz, e outra se sente realizada com quase nada? 
Percebe? O sofrimento não está nas experiências, não está no que vivemos. Está em nossas atitudes! O desconforto que sentimos é devido ao modo como a mente funciona. Se ela foi acostumada com coisas confortáveis, ela se agita quando ela é exibida a algo um pouco mais tenso, mas se você deixa os desejos dela de lado e a trata apenas com amor e paciência, qualquer desconforto passa - isso é a Impermanência do Sofrimento da Mente que se agita com seus Condicionamentos.

De qualquer forma, vá devagar. Torne-se pouco em pouco mais equilibrado, e menos extremista. Os monges começaram assim - comendo menos, buscando menos prazeres do mundo, e aos poucos foram treinando sua mente. É assim que essa prática é desenvolvida: passo a passo.  Muito feliz
Não sei bem como te explicar sobre a dor de cabeça, é complicado ler e escrever muito sobre o Budismo, quando tantas coisas devem ser vistas por si mesmo, na experiência real.
Esse texto diz para você parar de querer mudar a experiência, é o que eu disse. O sofrimento mental vem de querer mudar a sua experiência. Veja o sofrimento proveniente desse Desejo de que a dor pare, e em vez disso troque esse desejo pela aceitação, aceite essa dor dentro de sua cabeça e deixe-a estar, conheça-a, tenha interesse por ela, e deixe-a existir. Ela está aí de qualquer forma - é da natureza da mente.
É a mesma coisa com o envelhecimento. Ele é INEVITÁVEL. Se você quiser mudar isso, você vai sofrer, porque é a natureza. É esse querer, esse Desejo por ser ou não-ser que causa o sofrimento mental. Pare com esses desejos vendo o perigo neles, e aprenda a reconhecer a alegria de receber qualquer coisa que a vida te traga com as mãos abertas e o coração acolhedor. Meditar é sobre isso! Em vez de buscar felicidade na fantasia ou na distração, busque sua alegria em acolher o momento presente com total aceitação, e em qualquer momento que a mente quiser se distrair, apenas diga: "Não, obrigado! Troque o sofrimento desse Desejo pela alegria do Desapego.". Isso é difícil de fazer, a mente não desapega imediatamente. Ela precisa ser treinada. Você só vai entender isso quando tentar por si mesmo, na sua vida real. Essa prática se aprende por tentativa e erro. É que nem aprender a nadar. Não adianta eu te escrever um manual sobre como mexer os braços ou as pernas, a força que você tem que colocar, entre outros. Você vai ter que entrar na água e experimentar doses diferentes de esforço e mexer seus membros dentro da água para ver por si mesmo como é que funciona, e aos poucos aprender a nadar NADANDO!
Budismo também é assim. Só dá para aprender a meditar, meditando. Essa prática é aprendida, em grande parte, por Tentativa e Erro!  Feliz
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://sangha-online.forumeiros.com
samuk190

Discípulos
avatar

Masculino
Define-se budista? : Não
Mensagens : 13

Mensagem Sex 16 Jan 2015 - 19:07

Obrigado pelas respostas me esclareceu muita coisa

Porem ainda tenho uma duvida, como você  disse para uma mulher rica, num restaurante onde a comida não está fresca, é horrivel
porem para uma mulher pobre, achar um pão já é alegria

Seguindo pelo conceito de que cada pessoa é difierente.

Os humanos ao longo de eras, tentam dar uma melhor vida a todos, como você pode ver pela tecnologia.
os que possuem tecnologia avançada claro, querem cada vez mais
e os que não possuem tanto, muitas vezes se contentam com aquilo


a grande questão é : Nem todos tem acesso ao budismo, por que ninguem leva o budismo para areas pobres e ricas do mundo exterior? onde pessoas não sabem controlar sua mente
Claro que ninguem gosta de ninguem batendo na porta,mas se tivesse um templo ou algum lugar convidativo, para que os ensinamentos pudessem ser repassados em grande escala...
ajudaria muita gente.
e sobre o que você falou de quero isso se não vou sofrer, tipo des de pequeno, eu tinha vontade de ter certas coisas, em epocas q meus pais não tinham dinheiro para comprar, foi assim q eu aprendi a controlar e até hoje comprro coisas baratas, e  não caras, e não compro coisas inuteis.
A questão não é eu quero isso, ou eu vou sofrer, a questão é quando a pessoa já está sofrendo
Como eu deixei explicito ali
Esse Sofrimento acaba, um dia, você envelhecerá, e sentira um certo receio q quando jovem poderia ter aproveitado aquela ''epoca''..
Claro que todos são diferentes, ninguem é explicitamente igual, uns já nascem com o coração pronto para se aprofundar no budismo, como esse que começou aos 9 anos.

Também deixando claro, entre diferença entre ser  um budista, e um monje budista.
Eu procuro ser um budista, e não necessariamente um monje budista. Talvez em outra vida?

Quando eu era pequeno, claro muitos especialistas,psicologos seja lá o que for, falam que é imaginação de criança, mas não era
Eu tive ''visões'' da minha antiga vida, onde nessa parte eu esqueci se era piloto,copiloto ou passageiro de um avião, e eu me chamava Smith, e bom, em alguns sonhos pesadelos q eu sempre tive, era caindo, em um buraco infinito preto. Nunca realmente entendi. mas  agora faz sentido..
Creio que naquela epoca, bom não tinha muito''diversão'', era guerras,etc...
Agora estamos num mundo mais pacifico,moderno, e  bom, não sabemos o futuro, só queria desfrutar um pouco nesse mundo tentador, por que, eu tenho um profundo sentimento de fazer as coisas diferente do que as pessoas fazem, por exemplo
uma pessoa tem dinheiro, na verdade 99,9% das pessoas quetem dinheiro,fazem uma  mansão rica,em lugar rico ,etc
eu  não, eu iria fazer uma coisa  não chamativa, uma coisa não muito cara, com varias tecnologias q eu me dedico,  iria me divertir, colocar luzes na casa, deixar a casa em harmonia, fazer um banheiro legal, eu iria focar mais no meu conforto e paz com a casa, do que em mostrar para os outros, que eu sou rico, como muitas pessoas fazem.
Na verdade a maior riqueza, não é o dinheiro, e sim o coração.
E eu com dinheiro, iria fazer uma casa diferente
e as vezes penso, sera que ninguem pensa como eu?

Para mim  encontrar  a real felicidade no mundo como o nosso, é praticamente impossivel, porem fazer dele bons momentos, sim é possivel.
o problema é viver nesse mundo sem ao menos ter sabedoria,


Então vou listar um dos poucos topicos que muita gente acaba se dificultando

1)Habitos alimentares> ninguem precisa ser carnivoro,vegetariano,etc para ter uma boa vida alimentar
comer de tudo, beber somente sucos, e evitar produtos industrializados
para ter um corpo saudável

2)Saúde : Não carregar muito peso, ao longo da vida pode dar problemas nas costas
Fazer exames nos medicos a cada ano

3)Emprego: Nem sempre o emprego que ganha mais será melhor que o que ganha menos
Um emprego que cansa menos,as vezes vale mais, do que o que cansa mais.

4)Estudos : Sem Estudos,perseverança,dedicação, ninguem vai para frente, aproveite que nesse mundo poucos estudam, e estude para aque tenha um bom emprego

5)Religiosidade: Não importa que religião você possua, Não deixe que os seus sentimentos,principios,e até mesmo intenção de ser benefico ao mundo,  sejem destruidos por alguma crença. a maior sabedoria está em fazer o bem.



eu fiz esses topicos conformes varios estudos q eu fiz.
pelo que você disse, nos devemos abandonar esse mundo aos poucos, mas nem sempre isso é tão possivel.
Ninguem pode abandonar tudo e ir viver nas montanhas onde só há silencio, não há stress, nem nada.
Ninguem pode meditar 12 horas por dia, pois temos que estudar,trabalhar,etc
Muitas vezes não sobra nem tempo para meditar, por causa das atividades

o que a maioria das pessoas busca no budismo?
Alcançar a paz, ser da paz, e aprender a lidar com os problemas e tambem a entender a vida
Quando em uma determinada epoca da vida em que tivemos muitos sucessos ou nao, nos se sentimos preparados para se livrar desse mundo, aí muitos se transformam em monjes budistas.
Outros continuam por conta propria, e se aprofundam no budismo.
e Sobre os budistas avançados: Eles possuem respostas mas não falam , por que ?
Voltar ao Topo Ir em baixo
samuk190

Discípulos
avatar

Masculino
Define-se budista? : Não
Mensagens : 13

Mensagem Sex 16 Jan 2015 - 19:08

E a budista coen, que ensina o budismo zen no brasil era casada '-' ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Administrador

Admin
avatar

Masculino
Local : SP
Define-se budista? : Sim
Mensagens : 472

Mensagem Sex 16 Jan 2015 - 19:38

"e Sobre os budistas avançados: Eles possuem respostas mas não falam , por que ?"


Justamente porque o interlocutor não está pronto para entender. Se ele não está pronto para alcançar uma grande sabedoria, que se lhe apresente uma sabedoria inferior, e que ele avance de pouco em pouco de acordo com seu próprio nível.
Como eu disse, não estou dizendo para você ir viver numa floresta. Esteja atento as suas intenções, seja quando você for dizer algo, fazer algo, enfeitar sua casa, estudar, ir meditar, em qualquer coisa - apenas olhe para a sua intenção. Quais foram as intenções da Monja Coen ao se casar, quais será que foram? 
Apenas isso é bom o suficiente.  Feliz
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://sangha-online.forumeiros.com
samuk190

Discípulos
avatar

Masculino
Define-se budista? : Não
Mensagens : 13

Mensagem Sex 16 Jan 2015 - 20:04

Administrador escreveu:
"e Sobre os budistas avançados: Eles possuem respostas mas não falam , por que ?"


Justamente porque o interlocutor não está pronto para entender. Se ele não está pronto para alcançar uma grande sabedoria, que se lhe apresente uma sabedoria inferior, e que ele avance de pouco em pouco de acordo com seu próprio nível.
Como eu disse, não estou dizendo para você ir viver numa floresta. Esteja atento as suas intenções, seja quando você for dizer algo, fazer algo, enfeitar sua casa, estudar, ir meditar, em qualquer coisa - apenas olhe para a sua intenção. Quais foram as intenções da Monja Coen ao se casar, quais será que foram? 
Apenas isso é bom o suficiente.  Feliz
Concordo, e eu pensava isso des do inicio.  alias fico muito grato de vc responder minhas perguntas
e ser ativo no forum por que, não existe outro forum com tanta informação quanto esse Linguarudo
mas só uma ultima perguntinha, sobre quem tem dom? o que é dom?
Por exemplo na visão budista, o dom, como ver espiritos, almas, ou então, ter previsões do futuro, eu não tenho, mas gostaria de saber como isso é tratado na visão budista se não for incomodo...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado



Mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Uma duvida,varias duvidas, e destas mais duvidas .....

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Duvidas e mais duvidas
» duvidas..........
» Duvidas gerais " eletromagnetismo"
» Simulado - AFA (duvida)
» Dúvida teórica

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Budismo - Sangha Online :: Comunidade :: Tire suas dúvidas sobre o Budismo-