Budismo - Sangha Online
DÚVIDAS SOBRE O BUDISMO?

Registre-se e nos envie sua pergunta que talvez possamos ajuda-lo, independente de sua religião!
Todos são bem-vindos para dialogarem e pesquisarem aspectos do Budismo. Registrando-se você poderá enviar suas dúvidas particularmente à Administração ou à Comunidade, como exemplos:

No Budismo não podemos ter desejos?
Como o Buddha comia carne? E o vegetarianismo?
O Nirvana é o vazio? É eterno e é uma extinção do ser?
O que significa não-eu? O Budismo é niilista?
O que é prazer no Budismo? E paz interior?
Budismo crê em Devas, logo ele é Politeísta?
No Budismo nos isolamos? Como se relacionar com pessoas?
Como meditar? Budismo crê em super-poderes?!
Posso praticar sem crer no renascimento?
Budismo é religião ou filosofia? Por que há tanta idolatria?


Dialogue sobre essas e outras questões aqui.


Comunidade dedicada a simpatizantes e seguidores (de todas as escolas) do Budismo, visando à pesquisa e ao diálogo. Participe!
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Se você já se registrou, apresente-se aqui e tire suas dúvidas sobre Budismo!
Registre-se para expor seus pontos de vista - isso independe de sua religião!
Bem-vindo
Bem-vindo ao Fórum Sangha Online!

Registre-se para dialogar com outras pessoas interessadas no Budismo e para ter acesso a todo o conteúdo para pesquisa sobre o mesmo.

Qualquer dúvida, ficaremos felizes em ajudar!
Últimos assuntos
» FELIZ NATAL! Mas... Budistas podem comemorar o Natal?
por  frank Knarf
Ontem à(s) 11:14

» Sobre este Fórum: Dúvidas sobre o Budismo
por  Administrador
Sab 14 Out 2017 - 21:09

» apresentaçao
por  Administrador
Sab 14 Out 2017 - 20:23

» Dharma e Lamrim
por  Administrador
Dom 1 Out 2017 - 23:20

» Dúvida sobre a NÃO ação
por  Administrador
Dom 1 Out 2017 - 23:11

» Caridade baseada em desejos mundanos
por  Administrador
Dom 1 Out 2017 - 22:57

» Olá!!!!!
por  Administrador
Dom 1 Out 2017 - 22:45

» Novo por aqui!
por  Administrador
Dom 1 Out 2017 - 22:38

» Professores leigos
por  Administrador
Dom 1 Out 2017 - 21:20

» Grupo, sobre Budismo, no Whatsapp
por  DiegoCB
Ter 26 Set 2017 - 16:17

» Dúvida sobre a iluminação..
por  buscosabedoria
Dom 24 Set 2017 - 7:38

» O que a prática Budista é e não é
por  Caroline Paiva
Sex 22 Set 2017 - 17:01

Geral
Quem somos
Regras Gerais
Apresente-se
Precisa de ajuda?
Por que Sangha Online?
O Básico do Budismo
Introdução ao Budismo
A Vida de Buda
Tire suas Dúvidas!
O que o Budismo não é
Como meditar
5 Preceitos para Virtude
Meditação altera genes
Dúvidas Frequentes
Budismo é religião?
Budismo é ateísta?
Como virar budista?
O que é Fé no Budismo?
Preciso ser vegetariano?
O que significa o Lótus?
Votação
Atualmente, qual preceito você tem mais dificuldade para manter?

 
Abstenção de matar intencionalmente.

 
Abstenção de tomar o que não foi dado (roubar).

 
Abstenção de conduta sexual imprópria.

 
Abstenção de linguagem incorreta.

 
Abstenção de tomar álcool e outros embriagantes.
Exibir resultados
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante :: 1 Motor de busca

Nenhum






Compartilhe | .
 

 Caridade baseada em desejos mundanos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Pedro

Discípulos
avatar

Masculino
Define-se budista? : Não
Mensagens : 4

Mensagem Ter 26 Set 2017 - 22:08

Olá, mais uma dúvida minha!
É o seguinte, vamos supor que uma pessoa que você ame bastante tem um sonho de ter um produto X. Você tem condições de dar esse produto X, e você realmente quer dar esse presente para ela, vai se sentir bem em realizar esse sonho para ela.
Essa ação de dar o presente poderia ser considerada ruim, já que baseada nos desejos mundanos? Essa ação poderia desencadear um APEGO na pessoa com o produto? Poderia estimular uma certa dependência?

Mesmo com a intenção boa, existe a possibilidade de uma ação de caridade ser pior?

Na mesma linha de raciocínio. Se um parente seu está passando por dificuldades, com bastante dívidas, e te pede um dinheiro emprestado. Você sabe que o problema dele o consumismo, seria certo emprestar o dinheiro?

Obrigado!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Administrador

Admin
avatar

Masculino
Local : SP
Define-se budista? : Sim
Mensagens : 484

Mensagem Dom 1 Out 2017 - 22:57

Puxa, quantos dilemas!  Rindo
Bom, acabei de dizer em outro post que essas questões de juízos de valor sempre dependem de intenção, que é o que vai definir a qualidade do Karma. Às vezes uma mesma ação (ex: provocar o desmaio de alguém) pode gerar karma diferente, se ela for feita com intenções diferentes, como, em um caso, agredir ou machucar alguém e, em outro caso, evitar que alguém cometa uma atrocidade como um suicídio, como exemplo. Esse é um exemplo que o Dalai Lama cita as vezes. No segundo caso, a intenção é benéfica, não prejudicial. Embora a ação seja aparentemente má, essencialmente a intenção que a gerou foi benéfica.

A mesma coisa ocorre quando você grita com seus cachorros, não é? É possível gritar com um cachorro com a intenção única e exclusiva de educá-lo, de mostrar-lhe que fez algo errado. É possível fazer isso sem qualquer raiva no coração. Embora externamente você possa aparentar bravo e indignado, por dentro pode haver nada mais nada menos do que a intenção de ensinar o cachorro sobre o que é certo e errado.

Então, o essencial é sempre intenção.
Nesse caso, qual a intenção em dar o presente para a pessoa? Conseguir algo em troca? Conseguir elogios? Ou ajudar a pessoa? Ou trazer-lhe felicidade? Qual a verdadeira motivação por trás?

É isso que vai definir o Karma, bem como se haverá o estímulo da formação de um apego ou dependência.

Sobre o empréstimo de dinheiro, não acho que exista um certo ou errado... o que você acha? Acho que depende muito do caso. Cabe a você, na situação, tentar verificar, na melhor das intenções, a melhor forma de ajudar a outra pessoa. Se você percebe que emprestar o dinheiro não vai ajudar, talvez só vá piorar a situação, melhor não emprestar. Agora se a pessoa precisa para algo urgente, apesar de estar nessa situação por insensatez dela, pode ser benéfico emprestar. Ou talvez não emprestar, e deixá-la passar pelas consequências de sua estupidez, para que ela não seja mais tão imprudente no futuro... há várias possibilidades, não é? 

Cada caso é um caso. É preciso tentar verificar o que é o mais benéfico, e TENTAR fazer o que é mais benéfico, mas não se preocupe... às vezes cometemos erros. O importante é tentar agir com intenções hábeis, sem qualquer segunda intenção por trás. Isso já é bom o suficiente para o ensinamento, ok? Se cometer erros, acontece. Mesmo os Iluminados podem fazer juízos equivocados às vezes, embora nunca mais cultivem intenções prejudiciais no coração. Como seres humanos condicionados, não somos perfeitos e não vamos acertar sempre... dê o seu melhor e apenas busque tentar em cada ação, agir com intenções corretas. Nem sempre você será bem compreendido pelos outros, e nem sempre sua atitude, por mais bem intencionada que seja, será a mais acertada na realidade. Acontece. Ser capaz de ser humilde para aprender com os erros mundanos e perdoar a si mesmo são fatores importantes no caminho espiritual! O que acha?  Feliz
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://sangha-online.forumeiros.com
 

Caridade baseada em desejos mundanos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» QUIBROTE-HATAAVÁ. (Nm.11) A Sepultura dos desejos.
» Se refere a permanecer na doutrina da caridade, piedade e santidade?
» porcentagem baseada no grafico
» QUIBROTE-HATAAVÁ. (Nm.11) A Sepultura dos desejos. Sua participação aqui!
» (UDESC SC) eletroquimica

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Budismo - Sangha Online :: Comunidade :: Tire suas dúvidas sobre o Budismo-