Budismo - Sangha Online
DÚVIDAS SOBRE O BUDISMO?

Registre-se e nos envie sua pergunta que talvez possamos ajuda-lo, independente de sua religião!
Todos são bem-vindos para dialogarem e pesquisarem aspectos do Budismo. Registrando-se você poderá enviar suas dúvidas particularmente à Administração ou à Comunidade, como exemplos:

No Budismo não podemos ter desejos?
Como o Buddha comia carne? E o vegetarianismo?
O Nirvana é o vazio? É eterno e é uma extinção do ser?
O que significa não-eu? O Budismo é niilista?
O que é prazer no Budismo? E paz interior?
Budismo crê em Devas, logo ele é Politeísta?
No Budismo nos isolamos? Como se relacionar com pessoas?
Como meditar? Budismo crê em super-poderes?!
Posso praticar sem crer no renascimento?
Budismo é religião ou filosofia? Por que há tanta idolatria?


Dialogue sobre essas e outras questões aqui.


Comunidade dedicada a simpatizantes e seguidores (de todas as escolas) do Budismo, visando à pesquisa e ao diálogo. Participe!
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Se você já se registrou, apresente-se aqui e tire suas dúvidas sobre Budismo!
Registre-se para expor seus pontos de vista - isso independe de sua religião!
Bem-vindo
Bem-vindo ao Fórum Sangha Online!

Registre-se para dialogar com outras pessoas interessadas no Budismo e para ter acesso a todo o conteúdo para pesquisa sobre o mesmo.

Qualquer dúvida, ficaremos felizes em ajudar!
Últimos assuntos
» Grupo, sobre Budismo, no Whatsapp
por  frank Knarf
Sex 11 Maio 2018 - 13:00

» Significado de uma palavra para o budismo
por  rodrigoL8
Ter 8 Maio 2018 - 17:10

» Apresentação dum gaúcho
por  Roger Otavio
Ter 1 Maio 2018 - 22:47

» Apresentação
por  douglinh4
Seg 23 Abr 2018 - 5:22

» Introduction - Introdução
por  ritthichai
Qua 28 Mar 2018 - 7:19

» Apresentação - Dúvida: história do Mahayana
por  Ciro_Vasconcelos
Qua 14 Mar 2018 - 14:04

» Newsletter: Do que você precisa para ser feliz?
por  leite_paulo
Qui 1 Mar 2018 - 6:16

» Praticar o budismo visando algum beneficio é apego?
por  Rian
Dom 25 Fev 2018 - 8:26

» Dana - ajude um monge brasileiro a voltar à Tailândia
por  William - Admin
Dom 28 Jan 2018 - 19:50

» Renascimentos
por  mafe
Sab 27 Jan 2018 - 23:55

» o trabalho com o apego
por  mafe
Sab 27 Jan 2018 - 23:47

» Apresentação
por  mafe
Sab 27 Jan 2018 - 23:45

Geral
Quem somos
Regras Gerais
Apresente-se
Precisa de ajuda?
Por que Sangha Online?
O Básico do Budismo
Introdução ao Budismo
A Vida de Buda
Tire suas Dúvidas!
O que o Budismo não é
Como meditar
5 Preceitos para Virtude
Meditação altera genes
Dúvidas Frequentes
Budismo é religião?
Budismo é ateísta?
Como virar budista?
O que é Fé no Budismo?
Preciso ser vegetariano?
O que significa o Lótus?
Votação
Atualmente, qual preceito você tem mais dificuldade para manter?

 
Abstenção de matar intencionalmente.

 
Abstenção de tomar o que não foi dado (roubar).

 
Abstenção de conduta sexual imprópria.

 
Abstenção de linguagem incorreta.

 
Abstenção de tomar álcool e outros embriagantes.
Exibir resultados
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante :: 1 Motor de busca

Nenhum






Compartilhe | .
 

 Cosmologia budista Dúvidas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Klashyt

Discípulos
avatar

Masculino
Idade : 17
Local : Barbacena/MG
Define-se budista? : Sim
Mensagens : 1

Mensagem Sex 8 Dez 2017 - 19:01

Namastê  Agradecimento
Eu tenho bastante dúvidas sobre oque o budismo diz sobre a reencarnação, os 6 mundos, a roda de samsara, como é fora do samsara, etc...
Eu tenho MUITAS dúvidas, mas essas são as que lembrei agora...
eu gostaria que me esclarecessem essas coisas.
Obrigado pela ajuda Grato Grato Grato








O pano de chão sujo reflete a nós mesmos, quando estão sujos demais, são lavados e estão prontos para fazer oque sabem fazer de melhor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
William - Admin

Admin
avatar

Masculino
Local : SP
Define-se budista? : Sim
Mensagens : 504

Mensagem Ter 12 Dez 2017 - 20:55

Olá Klashyt! Seja bem-vindo ao Fórum Sangha Online! Bem-vindo!
Poderia ser mais específico? É que devem ser muitas dúvidas... é um tópico bem amplo!  Feliz
Bom, o básico seria que o Buddha ensinou que nós renascemos de acordo com nosso Kamma/Karma, que pode ser bom ou ruim de acordo com as intenções e ações que cultivamos em cada momento. Um Kamma bom leva a bons renascimentos, a experiências felizes e a facilidades na vida... Kamma ruim leva a renascimentos em locais de sofrimento, com experiências dolorosas e dificuldades...

Ninguém tem só Kamma bom ou só Kamma ruim. Cada um tem uma "mistureba" de muitos Kammas... e cada Karma frutifica quando encontra condições para isso. Um certo Karma pode frutificar imediatamente ou muito em breve... outros Karmas podem dar resultado depois de muito tempo...

Então, é algo muito complexo, não simples.

Além disso, o Karma passado não define necessariamente o que você vai fazer no futuro. Certamente influencia, te dá um "leque de opções", mas não define como você será.

Ajahn Brahmavamso, um monge budista, costuma dar um exemplo que é como se Karma fossem os ingredientes que recebemos para fazer um bolo. Algumas pessoas podem ter ótimos ingredientes, de primeira qualidade, mas se não se esforçarem ou se não fizerem o bolo com amor, podem acabar fazendo um bolo ruim ou desagradável. Outros, com receitas de segunda mão ou menos qualitativas, com algum esforço podem fazer um belo bolo!

É por isso que algumas pessoas têm vidas "fáceis", são ricas, bonitas... embora possam não ser virtuosas ou boas pessoas... Enquanto outros podem ter vidas difíceis, condições complicadas para crescerem, e ainda assim podem fazer coisas muito bonitas na vida.

Karma não define destino de forma fatal, necessariamente. Depende do caso, do tipo de Karma. Karma pode definir uma coisa ou outra, algumas tendências ou algumas condições que você terá no futuro... Mas o que você vai fazer com isso, como vai lidar com isso, depende de você. É por isso que é nossa responsabilidade usarmos o Karma que temos da melhor maneira possível e, assim, gerar muito mais bom Karma, e deixando que os Karmas ruins vão se esgotando.



No Budismo, geralmente não se usa o termo Reencarnação, mas Renascimento. No Budismo não existe a ideia de uma Alma ou uma entidade fixa que transmigra de uma vida à outra. O que há é um tipo de "um processo mental" que vai de uma vida a outra. Não é uma entidade fixa.

É como os frutos de uma árvore. Uma manga cai de uma mangueira, e uma semente da manga dá origem a uma nova mangueira. A mangueira anterior e a nova tem algo em comum? Quero dizer... tem alguma coisa fixa, eterna, que foi de uma para a outra? Não. Há uma continuidade ali, um processo, mas não há um entidade eterna que vai de uma para a outra... Isso é Renascimento.

Você pode ver isso em você mesmo. Quem você é hoje, é o mesmo de ontem? Ou mais fundo... o menino de 5 anos atrás, é o mesmo rapaz que você é hoje? Não, porque estamos sempre mudando.

Algumas pessoas dizem que não é possível acreditar no Renascimento... De fato, até que possamos ver por nós mesmos, conforme o Buddha ensinou, o que podemos fazer é ter uma certa confiança de que outras vidas realmente existem. Confiança, ou mesmo Fé, nos ensinamentos budistas, tem um sentido de "talvez seja assim". O Buddha nunca elogiou fé cega... ou defender ardentemente algo que você não viu por si mesmo. O que ele alegava era que, mesmo que por mero raciocínio, seria mais benéfico que uma pessoa considerasse a possibilidade de que existem outras vidas... porque isso levaria a pessoa a viver uma vida mais virtuosa.

Na verdade, se você for pensar, qualquer coisas que pensarmos sobre o pós-morte será uma crença. Se você defende que após a morte, acabou, morreu, é o fim - isso também é uma crença. Não importa que posição adotemos, o que sempre haverá é uma crença.

Então, em vez de ficar acreditando cegamente em uma coisa ou outra, é mais saudável vermos qual possibilidade é mais saudável CONSIDERAR. E se você for pensar, é muito saudável considerar que após a morte há outras vidas. Por quê?

Porque aí você se preocupará em viver uma boa vida, em ser uma boa pessoa, para não sofrer depois da morte devido a suas más ações. Assim, se realmente existirem outras vidas, você terá bom karma consigo! Se essa história de renascimentos e karma não for verdade, você ainda não sofrerá, porque após a morte não haverá nada mesmo, você não passará por nenhuma frustração rsrs...

Então consideramos as possibilidades... Até que possamos ver por nós mesmos (em meditação, ou ao morrer mesmo), a melhor possibilidade a se considerar seria que há outras vidas...


Qualquer ser pode renascer em qualquer um dos 6 mundos. Qualquer ser pode ser um Deva, um grande Deus, um animal, um fantasma, um ser humano, ou o que quer que seja... Inclusive um dos grandes discípulos do Buddha, Mahamoggalana, diz-se nos Suttas que em uma das suas vidas passadas ele foi Mara, um demônio.

Samsara é o Ciclo de Renascimento e Morte onde esses reinos estão inseridos.

Há algo fora do Samsara? Essa pergunta é sacana rsrs... Quando o Buddha ensina que é possível nos libertamos do Samsara e, assim, sermos felizes, ele diz que assim alcançamos a Paz Suprema, que seria Nibbana.

E como Buddha definia Nibbana? Ele definia como o "apagar da chama de uma vela". Quando a chama se apaga, ela vai para norte, sul, leste ou oeste? Nesse caso, isso não se aplica, certo? Conforme o Buddha dizia, se a chama cessou, não como dizer que ela foi para cá ou para lá.

Fonte: http://www.acessoaoinsight.net/sutta/MN72.php

Com uma pessoa Iluminada que alcançou a Paz é a mesma coisa. A Paz é alcançada quando esse processo que vai de vida após vida cessa. Assim, não há mais renascimentos. Isso é a felicidade suprema, de acordo com o Buddha.

Esse ensinamento sempre gera controvérsias, mas não adianta ficar debatendo sobre isso... Alguns ficam inconformados, alegando que o Buddha ensinava a extinção e o "suicídio espiritual"... Mas o Buddha ensinou que não há um Alma aqui. O que há é um processo que se estende por várias vidas e que então chega ao fim.

Mas esse processo não é uma entidade fixa ou permanente.

O Buddha inclusive dizia que defender uma ideia de "Existência" ou de "Aniquilação" são formas incorretas de falar sobre o ensinamento dele... porque não há um Eu ou uma Alma que existe, ou que é aniquilada.

Como Ajahn Brahm costuma dizer, cada momento é como um ponto. Porém, você não pode dizer que ele exista porque ele não se estende no tempo... o ponto surge e cessa. Assim são os instantes: eles surgem e cessam. Eles não permanecem fixos ou eternos. Isso é o processo mental: uma sequência de instantes que surgem e cessam. Então, uma doutrina de "Existência" não se aplica.

Uma doutrina de "Aniquilação" também não se aplica, porque você não pode dizer que "não há nada" ali. Há um ponto, que surgiu e cessou, e outro ponto, e outro ponto, e outro ponto, continuamente.... Então, você não pode dizer que não existe nada, mas também não pode dizer que algo permanece ou persiste... O que há é um processo composto por instantes consecutivos. O Buddha ensina que enquanto este Processo continua funcionando, nós sofremos. Quando ele cessa, ocorre a realização da Paz Suprema.

Vale lembrar as palavras do Buddha  Grato :

“Kaccayana, em geral este mundo depende de uma dualidade, a noção da existência e a noção da não existência. Mas para aquele que vê com correta sabedoria a origem do mundo, tal como na verdade ela ocorre, a noção da ‘não existência’ com relação ao mundo não lhe ocorrerá. Aquele que vê com correta sabedoria a cessação do mundo, tal como na verdade ela ocorre, a noção da ‘existência’ com relação ao mundo não lhe ocorrerá."  fonte: http://www.acessoaoinsight.net/sutta/SNXII.15.php

Espero que tenha ajudado em alguma coisa... e não assuma posições radicais imediatamente ao ler os ensinamentos do Buddha assim, de primeira... Reflita, procure novos textos, tente contemplar o que o Buddha falou, e investigue isso no seu coração, na sua experiência. O Buddha pediu para tomarmos esses ensinamentos e confirma-los ou não na nossa própria experiência. Contudo, para o Buddha, somente uma mente virtuosa e meditativa estaria pronta para enxergar melhor a realidade como ela realmente é... Em outras palavras, para despertar sabedoria de verdade, seria necessário praticar um caminho de virtude e meditação. Se isso é válido ou não, também vale a pena contemplar e refletir. Reverência
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://sangha-online.forumeiros.com
 

Cosmologia budista Dúvidas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Budismo - Sangha Online :: Comunidade :: Tire suas dúvidas sobre o Budismo-