Budismo - Sangha Online
DÚVIDAS SOBRE O BUDISMO?

Registre-se e nos envie sua pergunta que talvez possamos ajuda-lo, independente de sua religião!
Todos são bem-vindos para dialogarem e pesquisarem aspectos do Budismo. Registrando-se você poderá enviar suas dúvidas particularmente à Administração ou à Comunidade, como exemplos:

No Budismo não podemos ter desejos?
Como o Buddha comia carne? E o vegetarianismo?
O Nirvana é o vazio? É eterno e é uma extinção do ser?
O que significa não-eu? O Budismo é niilista?
O que é prazer no Budismo? E paz interior?
Budismo crê em Devas, logo ele é Politeísta?
No Budismo nos isolamos? Como se relacionar com pessoas?
Como meditar? Budismo crê em super-poderes?!
Posso praticar sem crer no renascimento?
Budismo é religião ou filosofia? Por que há tanta idolatria?


Dialogue sobre essas e outras questões aqui.


Comunidade dedicada a simpatizantes e seguidores (de todas as escolas) do Budismo, visando à pesquisa e ao diálogo. Participe!
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Se você já se registrou, apresente-se aqui e tire suas dúvidas sobre Budismo!
Registre-se para expor seus pontos de vista - isso independe de sua religião!
Bem-vindo
Bem-vindo ao Fórum Sangha Online!

Registre-se para dialogar com outras pessoas interessadas no Budismo e para ter acesso a todo o conteúdo para pesquisa sobre o mesmo.

Qualquer dúvida, ficaremos felizes em ajudar!
Últimos assuntos
» Grupo, sobre Budismo, no Whatsapp
por  leonardo
Dom 8 Abr 2018 - 9:26

» Introduction - Introdução
por  ritthichai
Qua 28 Mar 2018 - 7:19

» Apresentação - Dúvida: história do Mahayana
por  Ciro_Vasconcelos
Qua 14 Mar 2018 - 14:04

» Newsletter: Do que você precisa para ser feliz?
por  leite_paulo
Qui 1 Mar 2018 - 6:16

» Praticar o budismo visando algum beneficio é apego?
por  Rian
Dom 25 Fev 2018 - 8:26

» Dana - ajude um monge brasileiro a voltar à Tailândia
por  William - Admin
Dom 28 Jan 2018 - 19:50

» Renascimentos
por  mafe
Sab 27 Jan 2018 - 23:55

» o trabalho com o apego
por  mafe
Sab 27 Jan 2018 - 23:47

» Apresentação
por  mafe
Sab 27 Jan 2018 - 23:45

» Apresentação
por  Nove
Seg 8 Jan 2018 - 7:38

» Despedida e Newsletter "Como julgar as pessoas? Asubha e Metta"
por  William - Admin
Dom 7 Jan 2018 - 22:58

» Newsletter: Parar e perder - o caminho para avançar e vencer
por  William - Admin
Dom 7 Jan 2018 - 22:53

Geral
Quem somos
Regras Gerais
Apresente-se
Precisa de ajuda?
Por que Sangha Online?
O Básico do Budismo
Introdução ao Budismo
A Vida de Buda
Tire suas Dúvidas!
O que o Budismo não é
Como meditar
5 Preceitos para Virtude
Meditação altera genes
Dúvidas Frequentes
Budismo é religião?
Budismo é ateísta?
Como virar budista?
O que é Fé no Budismo?
Preciso ser vegetariano?
O que significa o Lótus?
Votação
Atualmente, qual preceito você tem mais dificuldade para manter?

 
Abstenção de matar intencionalmente.

 
Abstenção de tomar o que não foi dado (roubar).

 
Abstenção de conduta sexual imprópria.

 
Abstenção de linguagem incorreta.

 
Abstenção de tomar álcool e outros embriagantes.
Exibir resultados
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum






Compartilhe | .
 

 Newsletter: Parar e perder - o caminho para avançar e vencer

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
William - Admin

Admin
avatar

Masculino
Local : SP
Define-se budista? : Sim
Mensagens : 504

Mensagem Dom 7 Jan 2018 - 22:53

Newsletter enviada em 13/05/2017:

### Newsletter - Fórum Sangha Online: Incentivo à prática e à comunicação entre a comunidade e a administração ###  


Olá a todos! Venho compartilhar um texto que enviei a uma pessoa sobre como avançar na meditação. Quem sabe possa ser motivo de inspiração -^-

"[...] Meditação é mudar o que cultivamos. É mudar a forma com que conduzimos nossas vidas. É mudar aquilo que oferecemos ao mundo e às pessoas."


Meditação é sempre um mistério... e é difícil investigar durante ameditação, ou mesmo  avançar nameditação, porque se ficamos muito vidrados na intenção de avançar ou de  experienciar algo diferente durante aprática, é justamente esse desejo que faz com que não consigamos sair do lugar... ou ainda é esse desejo de avançar que agita nossas mentes, deixando-a mais inquieta, ansiosa ou falante.

Por isso que um mestre que alavancou bastante minha prática foi o Ajahn Brahm, monge do Budismo Theravada que treinou na Tailândia e atualmente ensina na Austrália. Lendo sua pergunta, me lembro do livro dele, "All you need is Kindfulness" (Tudo o que você precisa é Plena Bondade), que está neste link: https://www.bodhinyana.com/aynik_book.pdf. No slide 46 ele diz: "Onde quer que você esteja no caminho da meditação, por favor deseje estar lá. Se você desejar estar em outro lugar, este será o fim do seu progresso.". Ou o que ele diz na pág 44: "Quando você deseja alguma coisa mais, você não consegue aproveitar o que você já tem".

Por quê isso? Porque a meditação se aprofunda na medida emque conseguimos cultivar um contentamento, um acolhimento, uma alegria no aqui e agora. É paradoxal, mas é assim: quanto maior a sua alegria com o que você tem no momento presente, maior será o êxtase que você desenvolverá nos próximos minutos da meditação.

Agora, quanto maior for a sua impaciência ou insatisfação com que estiver presente, mais difícil será para você avançar para estágios seguintes da meditação.

Por isso que no caminho, o importante é nós focarmos nocaminho, e não tanto no destino. O importante é focarmos em cultivar o broto, cultivar a planta, e deixar que ele floresça a seu próprio tempo. Essa paciência que dá o seu melhor sem esperar algo em troca é o que realmente dá resultado. Quando esperamos resultados a prazos pré-estabelecidos, sempre terminamos frustrados. Mas quando simplesmente damos o melhor de nós e deixamos que o caminho floresça aos poucos, a sua própria maneira, então recebemos os frutos.

Isso é difícil de pôr em prática, mas foi isso que o Buddhapediu para investigarmos.

E por que é assim? Justamente por causa do que o Buddhafalou: Desejo Impaciente leva a Sofrimento. Quando ficamos desejando que nossa meditação seja de uma forma ou de outra, ou que ela se aprofunde num dado momento, ela geralmente não avança muito, porque estamos cultivando justamente o que deveríamos estar abandonando, que é desejo, impaciência, interesse...

Na meditação, a recomendação é cultivar aceitação,acolhimento, paciência, serenidade, contentamento, gratidão, renúncia, abrir mão.

Pense que os caminhos propostos pelo Buddha visam a pazinterior. Logo, a intenção é cultivar uma alegria que não dependa dos fatores externos. Esse é o ponto na meditação. Cultivar algo benéfico, mesmo que você não esteja experienciando algo bom. Quando você conseguir dar o seu melhor, sem esperar algo em troca, é aí que a mente ficará feliz e contente. Isso é paz interior. É a alegria que vem de cultivar as boas intenções, e não necessariamente de experimentar coisas boas.

O essencial não é sempre TER boas experiências, mas SER bomem todas as experiências.

É quando começamos a ser pacientes, gentis e acolhedores nasmeditações ruins, que as boasmeditações acontecem.

Essa é uma grande pegadinha no caminho espiritual. A gentenão se esforça para ter boas experiências, e então sermos boas pessoas. Primeiro nós temos que aprender a sermos boas pessoas nas experiências difíceis, e só então as boas experiências virão.

E isso não significa que ser iluminado é só experimentarcoisas boas, mas é justamente ser uma boa pessoa em todas as experiências: boas e ruins.

Consegue perceber o desafio da meditação? Ou o desafio doBuddha?

O desafio é você fazer o bem sem esperar nada em troca. Odesafio é cultivar aquele amor sem egoísmo, sem interesse. É fazer algo bom na vida, mesmo que a vida não esteja sendo muito boa com você rsrs... Caminho espiritual é um verdadeiro treinamento interior. É sobre ser generoso, sem esperar nada em troca. É abrir mão sem segundas intenções.

É algo muito bonito, mas é difícil de praticar. Geralmentenós desejamos que as pessoas sejam diferentes ou que o mundo seja diferente para podermos ser felizes, não é? Se meu trabalho fosse assim eu seria feliz, ou se eu fosse rico eu seria feliz, ou se as pessoas fossem mais educadas eu seria feliz, ou se minha meditação fosse pacífica eu seria feliz... rsrs...

O desafio do caminho espiritual é justamente parar de buscara felicidade que depende das experiências externas, que é o que o Buddha chamava de prazeres sensuais.

Em vez disso, ele nos desafia a buscar a felicidade interior,ou a capacidade de encontrarmos alegrias nas boas intenções, e não nas boas experiências. Isso é muito mais poderoso, porque quando buscamos alegria nas boas experiências, dependemos dos fatores externos. Agora, quando buscamos alegria nas boas intenções, podemos encontrar alegria em qualquer circunstância, porque em qualquer situação podemos cultivar as boas intenções, não é? Este é o ponto.

Independente do que surgir na sua meditação, você conseguecultivar boas intenções? Você consegue cultivar paciência, generosidade, atenção, acolhimento? Meditar é cultivar boas intenções sem esperar nada em troca. Enquanto você esperar algo em troca, isso é cultivar ansiedade, impaciência, desejo. Quando você não esperar nada em troca, isso é cultivar amor, acolhimento, serenidade, contentamento. É assim que se chega aos níveis avançados de meditação, de êxtase, de bem-aventurança, de unicidade, de renúncia.

Meditação é mais do que treinar concentração, "ficarzen", ou ter experiências prazerosas. Meditação é mudar o que cultivamos. É mudar a forma com que conduzimos nossas vidas. É mudar aquilo que oferecemos ao mundo e às pessoas. E é a partir dessa mudança, que passamos a ver as coisas como realmente são, com sabedoria.

Não importa o que o mundo ou as pessoas te ofereçam, dêsempre o seu melhor, seja sempre uma boa pessoa... Da mesma forma, não importa o que a meditação te dê (preguiça, desânimo, uma escuridão, raiva...), busque olhar para aquilo com acolhimento, paciência e investigue. Se você for capaz de entender que você pode cultivar algo diferente daquilo que se manifestar na sua mente, então você poderá entender o que é dar amor para a raiva, ou dar alegria para a preguiça, ou dar gratidão para a reclamação, ou dar serenidade para a paciência. A chave na meditação é cultivar coisas boas, mesmo que coisas ruins estejam se manifestando.

E não coloque prazos para sua meditação avançar. Seja serenoe paciente em cada  etapa.

Como diz Ajahn Amaro: "Quanto mais rápido você seapressa, mais devagar você avança" (http://acessoaoinsight.net/arquivo_textos_theravada/entendimento.php).

Ou como costumo dizer: quanto mais você se esforça paradesamarrar as correntes do sofrimento e da insatisfação, mais entrelaçadas e fortes elas ficam. Mas quando você relaxa, para de se mexer e simplesmente as deixa de lado, elas simplesmente se desmancham e somem sozinhas.

Na meditação é assim. Deixe vir e ir, a seu próprio tempo, apreguiça, o desejo, a raiva... Deixem vir sem alimentá-los, e eles irão embora sozinhos.
Ao mesmo tempo, cultive apenas este estar sereno, estarcalmo, ser gentil, ser bondoso.

Assim os sentimentos ruins morrerão de fome, e os bons irãocrescer. Só assim virão as boas experiências, como a paz meditativa.

Uma vez perguntaram a Jetsunma Tenzin Palmo, monja do Budismo Tibetano (Vajrayana): "Pergunta: Há algum insight especial que você aprendeu sobre meditação que você gostaria de saber quando começou a meditar?
Resposta: Muitas pessoas pensam que meditação requer muito esforço e que ela é alguma coisa que você tem que ganhar. Nós mergulhamos nesta ideia de que de alguma forma temos que nos forçar a praticá-la e que no final teremos sucesso ou fracasso. E eu acho muito importante perceber que não é nada disso, no final das contas. Isso é apenas o Ego tentando ser um meditador. 


Todo segredo da meditação é aprender como estar no momento presente e em um estado de completa abertura e relaxamento. Não é uma questão de ganhar, é uma questão de perder, de soltar - de deixar ir, deixar ir, deixar ir. Eu penso que isso é muito importante, especialmente nessa época em que todos nós somos programados a desejar obter alguma coisa sendo que a questão não é o que você obtém, a questão é o que você perde." (https://www.themindfulword.org/2014/shamatha-meditation-jetsunma-tenzin-palmo/)

O que você acha? Meditação envolve mudar a forma como você vive toda a sua vida. É um grande desafio!
Por isso sempre digo: paz nas suas intenções, mesmo que nãohaja paz nas experiências. Porque não importa o que você está experienciando, mas sim o que você está cultivando! -^- Deixe as experiências se perderem, passarem, cessarem... porque assim são: impermanentes. E então, o que vai sobrar é serenidade, contentamento, paciência, paz... nas intenções, mesmo que não haja paz nas experiências.



Antes de terminar de ler esse texto, volte-se para dentro:    como está sua mente? Há intenções benéficas aqui? Se não, programe sua mente - desenvolva hiri-otappa (vergonha e temor de cometer transgressões) e veja o sofrimento resultante de se distrair com passado e futuro. Reconheça o valor e a alegria de estar no agora. Ensine a mente e, em seguida, solte os Apegos e deixe-os sumir. Não desista de ensinar a si mesmo. Lembre-se que a última frase de Buddha antes de morrer foi "Dessa forma, bhikkhus, eu os encorajo: todas as coisas condicionadas estão sujeitas à dissolução. Esforcem-se pelo objetivo com diligência".    

 Paz a todos vocês, amigos do Dhamma/ Dharma. -^-      



Sabbe satta sukhi hontu!   Que todos os seres possam ser felizes!    Que todos parem de correr atrás de experiências que mudam, baseados em preferências que mudam. ^-^
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://sangha-online.forumeiros.com
 

Newsletter: Parar e perder - o caminho para avançar e vencer

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» 19 Abril 2009 CORREIO DA MANHÃ
» A Re-eleição de OBAMA já estava certa para acontecer?
» O crente que comete um pecado para morte vai para o inferno ou somente morre fisicamente?
» Menor caminho a percorrer
» Menina de 18 anos se prepara para casar com seu próprio pai depois de perder a virgindade com ele

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Budismo - Sangha Online :: Estudos sobre a Meditação e Prática Budista :: Conselhos para a Prática-