Budismo - Sangha Online

DÚVIDAS SOBRE O BUDISMO?

Registre-se e nos envie sua pergunta que talvez possamos ajuda-lo, independente de sua religião!
Todos são bem-vindos para dialogarem e pesquisarem aspectos do Budismo. Registrando-se você poderá enviar suas dúvidas particularmente à Administração ou à Comunidade, como exemplos:

O Nirvana é o vazio? É eterno e é uma extinção do ser?
O que significa não-eu? O Budismo é niilista?
Budismo crê em Devas, logo ele é Politeísta?
Budismo Theravada ou Hinayana? O Arahant é egocêntrico?
Budismo é religião ou filosofia? Por que há tanta idolatria?


Dialogue sobre essas e outras questões aqui.

Fórum fundado em 27/06/13


Comunidade dedicada a simpatizantes e seguidores (de todas as escolas) do Budismo, visando à pesquisa e ao diálogo. Participe!
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seLogin

Se você já se registrou, apresente-se aqui e tire suas dúvidas sobre Budismo!
Registre-se para expor seus pontos de vista - isso independe de sua religião!
Bem-vindo
Bem-vindo ao Fórum Sangha Online!

Registre-se para dialogar com outras pessoas interessadas no Budismo e para ter acesso a todo o conteúdo para pesquisa sobre o mesmo.

Qualquer dúvida, ficaremos felizes em ajudar!
Últimos assuntos
» Por que alguns monges budistas colocam fogo nos próprios corpos?
por  NatanMarques98
Ontem à(s) 8:46

» Apresentação novo membro.
por  Pedro J. Silva
Qui 11 Set 2014 - 10:13

» Carlos castaneda e o budismo
por  Mente Purificada
Qui 4 Set 2014 - 17:09

» Se pela meditação se obtém a compaixão,pq Buda ainda comia carne?
por  Esteban
Seg 1 Set 2014 - 15:40

» Budismo Kadampa - qual
por  Esteban
Seg 1 Set 2014 - 15:16

Geral
Quem somos
Regras Gerais
Apresente-se
Precisa de ajuda?
Por que Sangha Online?
O Básico do Budismo
Introdução ao Budismo
A Vida de Buda
Tire suas Dúvidas!
O que o Budismo não é
Como meditar
5 Preceitos para Virtude
Meditação altera genes
Dúvidas Frequentes
Budismo é religião?
Budismo é ateísta?
Como virar budista?
O que é Fé no Budismo?
Preciso ser vegetariano?
O que significa o Lótus?
Votação
Atualmente, qual preceito você tem mais dificuldade para manter?

 
Abstenção de matar intencionalmente.

 
Abstenção de tomar o que não foi dado (roubar).

 
Abstenção de conduta sexual imprópria.

 
Abstenção de linguagem incorreta.

 
Abstenção de tomar álcool e outros embriagantes.
Exibir resultados
Quem está conectado
3 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 3 Visitantes

Nenhum





Compartilhe | .
 

 O que a flor de Lótus simboliza?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Administrador

Admin

Masculino
Local: SP
Define-se budista?: Sim
Mensagens: 310

Mensagem Dom 14 Jul 2013 - 16:47

O que a flor de Lótus simboliza?
Figura muito comum em religiões orientais como o Budismo e o Hinduísmo, a flor de Lótus é uma planta que simboliza a pureza espiritual e a eliminação dos apegos e desejos. Para entender porque ela representa tal qualidade, precisamos entende-la primeiro a partir de um ângulo científico.
A flor de Lótus é uma flor importante não só para a Religião, mas também para a Ciência - para você ter ideia, uma semente de um Lótus pode sobreviver por mais de 1300 anos! Prova disso foi a experiência de Shen Miller, que pesquisa sobre a planta desde 1990. Foi nessa época que ele e uma equipe de cientistas encontraram uma semente da flor que ainda estava viável para ser plantada apesar de possuir quase 1300 anos.
Isso levou essa equipe a pesquisar melhor sobre essa planta curiosa. Na época eles já supunham que a flor deveria possuir várias adaptações genéticas que a permitiriam longevidade. Anos depois, com a tecnologia moderna, seu DNA foi sequenciado e muitas peculiaridades gênicas foram, de fato, percebidas. Descobriu-se que o DNA das flores de Lótus permite a elas:
- longevidade: explicada por genes que estimulam a produção de proteínas que conservam a semente, permitindo-a germinar mesmo depois de muito tempo de ter sido gerada;
- termogênese: outros genes permitem a produção de vários tipos de proteína capazes de se manterem fluidos durante temperaturas muito quentes. Dessa forma, tais compostos orgânicos têm funcionamento semelhante a da água, regulando a situação térmica da planta e combatendo estresses eventuais; 
- autolimpeza: a superfície característica das folhas e pétalas dessa flor é extremamente hidrofóbica, ou seja, a Flor de Lótus é capaz de repelir toda a água que cai sobre ela devido a suas folhas lisas. Com a água, a sujeira também é levada e a flor se mantêm sempre limpa e seca.
Leia alguns trechos do texto que divulgou os principais resultados e considerações dessa pesquisa:
"Usada como um alimento há mais de 7000 anos na Ásia, a flor de Lótus é cultivada em virtude de suas folhas, sementes e rizomas comestíveis. Esses, assim como seus frutos, estames, antera, caules, raízes e brotos, têm sido usados como remédios para tratamento de cancro, depressão, diarreia, problemas cardíacos, hipertensão e insônia. Suas sementes têm longevidade excepcional, permanecendo viáveis durante 1300 anos. [...] As protuberâncias nas superfícies de suas folhas lhes permite um processo de autolimpeza. [...] O genoma da flor de Lótus fornece a base para decifrar a base molecular de suas muitas propriedades biológicas distintas, incluindo a longevidade das sementes, adaptação para os ambientes aquáticos, a propriedade de autolimpeza superhidrofóbica de suas folhas e a termogênese, utilizada para incrementar o desempenho na polinização." - (traduzido e adaptado de "Genome of the long-lived sacred Lotus" [O Genoma da vida-longa do Lótus sagrado], retirado de genomebiology.com)

Por fim, qual a relação disso com o Budismo e o Hinduísmo?
Desde antes de Buda, a flor de Lótus era apreciada por esse processo de autolimpeza supracitado. Desde séculos antes de Jesus Cristo, os praticantes espirituais e monges do Oriente já conheciam essa capacidade do Lótus de repelir a água e a poeira que se acumulavam em suas folhas, de tal forma que ela se limpava e se purificava sozinha - essa imagem foi relacionada com a Prática Espiritual.
A metáfora é que a água e o pó são como os apegos e desejos que nublam a mente, que seria a flor de Lótus. De acordo com os ensinamentos de Buda, precisamos transcender nossos apegos, sejam eles Cobiça (querer) ou Aversão (não-querer), para enxergarmos o mundo como ele de fato é. Portanto, precisamos fazer como a flor: uma autolimpeza - precisamos purificar nossas mentes de todas as suas tendências subjacentes para que ela fique pura para perceber a realidade.
Assim, da mesma forma que a flor de Lótus repele a água e a poeira, nós devemos treinar nossas mentes para que elas possam repelir sentimentos como a raiva, a insatisfação e o sofrimento; só assim alcançaremos altos níveis de concentração para que a sabedoria possa surgir, ou em outras palavras, para que a flor possa se abrir acima do lago.
Isso porque, originalmente, a flor de Lótus brota do lodo e da lama submersa na água. Através de processos fisiológicos, ela lentamente cresce dentro de rios e lagos até emergir para fora deles, se abrindo acima do lago em que se encontrar, sendo que suas raízes continuam conectando-a ao solo.
Buda usou algo parecido com essa imagem. Ele dizia que existiam 4 tipos de pessoas no mundo.
O primeiro tipo seriam as pessoas que já havia alcançado o Nirvana e a Compreensão Total, tendo florescido totalmente acima de toda a água, ou seja, de todo e qualquer apego e sofrimento. O segundo tipo seriam pessoas muito sábias, que estavam com pouca poeira sobre os olhos e que precisavam ouvir apenas alguns ensinamentos e ajustar algumas atitudes para compreenderem como alcançar a Iluminação - elas já estavam sobre a água, bastava subirem um pouco mais e se abrirem para a luz do Sol. O terceiro tipo de pessoa seria aquele que tem pouca compreensão acerca da própria mente, mas que se lhe fosse ensinado continuamente e se ele praticasse constantemente, ele poderia crescer lentamente até florescer acima da água. O quarto tipo consistiria no ser que não consegue absorver nada do Dharma e está muito cego para compreendê-lo, podendo apenas ter uma possível chance de caminhar à Paz numa vida seguinte. Dessa forma, essa flor não cresceria e seria vítima de outros animais que a consumiriam.
Dessa forma, o Buda também ilustrou a prática de purificação da mente para alcançar o Nirvana com o processo de autolimpeza e de crescimento realizado pelas flores de Lótus.
Afinal todos nós iniciamos nossas práticas nesse mundo cheio de angústia e desejo, assim como uma flor de Lótus brota a partir do lodo. Mas podemos nos purificar para ascendermos, abrirmos a flor, ou nossas mentes, acima de toda a água dos apegos e desejos para, assim, enxergarmos o Sol - a realidade dos fenômenos deste mundo. Dessa forma teremos saído do mundo e chegado acima dele e, assim, lá ficaremos até o final de nossas vidas, quando as raízes se romperem e sairmos totalmente do Samsara: Parinirvana.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://sangha-online.forumeiros.com
be77

Discípulos

Masculino
Local: RS
Define-se budista?: Não
Mensagens: 11

Mensagem Dom 22 Set 2013 - 2:19

Uau.
que flor incrível, inspirador! 

sera que a lótus pode nascer no Brasil? Pensativo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Administrador

Admin

Masculino
Local: SP
Define-se budista?: Sim
Mensagens: 310

Mensagem Dom 22 Set 2013 - 13:09

be77 escreveu:
sera que a lótus pode nascer no Brasil? Pensativo

Eu já ouvi falar de pessoas que cultivam essa flor aqui no Brasil, mas geralmente são pessoas muito especializadas. Agora, se há Lótus naturalmente nas florestas brasileiras aí eu não sei Envergonhado 
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://sangha-online.forumeiros.com
 

O que a flor de Lótus simboliza?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Temos uma flor, vamos cuidar bem dela.
» Emoticons
» Não te metas em minha vida!
» Por acaso Deus sonha?
» O VALOR DO TEMPLO

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Budismo - Sangha Online ::  :: -