Budismo - Sangha Online
DÚVIDAS SOBRE O BUDISMO?

Registre-se e nos envie sua pergunta que talvez possamos ajuda-lo, independente de sua religião!
Todos são bem-vindos para dialogarem e pesquisarem aspectos do Budismo. Registrando-se você poderá enviar suas dúvidas particularmente à Administração ou à Comunidade, como exemplos:

No Budismo não podemos ter desejos?
Como o Buddha comia carne? E o vegetarianismo?
O Nirvana é o vazio? É eterno e é uma extinção do ser?
O que significa não-eu? O Budismo é niilista?
O que é prazer no Budismo? E paz interior?
Budismo crê em Devas, logo ele é Politeísta?
No Budismo nos isolamos? Como se relacionar com pessoas?
Como meditar? Budismo crê em super-poderes?!
Posso praticar sem crer no renascimento?
Budismo é religião ou filosofia? Por que há tanta idolatria?


Dialogue sobre essas e outras questões aqui.


Comunidade dedicada a simpatizantes e seguidores (de todas as escolas) do Budismo, visando à pesquisa e ao diálogo. Participe!
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Se você já se registrou, apresente-se aqui e tire suas dúvidas sobre Budismo!
Registre-se para expor seus pontos de vista - isso independe de sua religião!
Bem-vindo
Bem-vindo ao Fórum Sangha Online!

Registre-se para dialogar com outras pessoas interessadas no Budismo e para ter acesso a todo o conteúdo para pesquisa sobre o mesmo.

Qualquer dúvida, ficaremos felizes em ajudar!
Últimos assuntos
» Sobre este Fórum: Dúvidas sobre o Budismo
por  Nove
Ontem à(s) 22:21

» Apresentação
por  Nove
Ontem à(s) 21:12

» preciso de um esclarecimento aqui, por favor
por  frank Knarf
Seg 13 Nov 2017 - 21:35

» [Vídeo] O Fim do Mundo: Vidamorte
por  jean F Carvalho
Sab 28 Out 2017 - 22:10

» Sutra de Lótus / BSGI
por  Administrador
Qui 26 Out 2017 - 20:49

» Grupo, sobre Budismo, no Whatsapp
por  Buddho
Sab 21 Out 2017 - 22:23

» FELIZ NATAL! Mas... Budistas podem comemorar o Natal?
por  frank Knarf
Seg 16 Out 2017 - 11:14

» apresentaçao
por  Administrador
Sab 14 Out 2017 - 20:23

» Dharma e Lamrim
por  Administrador
Dom 1 Out 2017 - 23:20

» Dúvida sobre a NÃO ação
por  Administrador
Dom 1 Out 2017 - 23:11

» Caridade baseada em desejos mundanos
por  Administrador
Dom 1 Out 2017 - 22:57

» Olá!!!!!
por  Administrador
Dom 1 Out 2017 - 22:45

Geral
Quem somos
Regras Gerais
Apresente-se
Precisa de ajuda?
Por que Sangha Online?
O Básico do Budismo
Introdução ao Budismo
A Vida de Buda
Tire suas Dúvidas!
O que o Budismo não é
Como meditar
5 Preceitos para Virtude
Meditação altera genes
Dúvidas Frequentes
Budismo é religião?
Budismo é ateísta?
Como virar budista?
O que é Fé no Budismo?
Preciso ser vegetariano?
O que significa o Lótus?
Votação
Atualmente, qual preceito você tem mais dificuldade para manter?

 
Abstenção de matar intencionalmente.

 
Abstenção de tomar o que não foi dado (roubar).

 
Abstenção de conduta sexual imprópria.

 
Abstenção de linguagem incorreta.

 
Abstenção de tomar álcool e outros embriagantes.
Exibir resultados
Quem está conectado
1 usuário online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e nenhuma Visita :: 1 Motor de busca

Nove






Compartilhe | .
 

 Respostas do Coração de Thich Nhat Hanh

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Administrador

Admin
avatar

Masculino
Local : SP
Define-se budista? : Sim
Mensagens : 485

Mensagem Sab 31 Ago 2013 - 9:09

Seguem abaixo três perguntas dirigidas a Thich Nhat Hanh, monge zen-vietnamita, que as respondeu como de costume: com compaixão e plena consciência.
Basicamente, as perguntas giraram em torno dos desejos por conseguir algo mais, da falta de tempo para praticar e do receio de perder entes queridos. Com bastante amor e sabedoria, Thich Nhat Hanh coloca que devemos nos concentrar no momento presente, aproveitarmos o caminho e não apenas estarmos apegados ao objetivo, encontrarmos a verdadeira solidão e silêncio em nosso interior onde também reside a continuidade de tudo o que nos é exterior. Contemplem!


Respostas do Coração de Thich Nhat Hanh
Esse texto foi retirado e traduzido do site Dhamma Talks.
Questão: Meu desejo pelo sucesso tem me levado a muito sofrimento. Não importa o que eu faça, nunca parece que é o suficiente. Como eu posso fazer as pazes comigo mesmo?
Thich Nhat Hanh: A qualidade de seu fazer depende da qualidade de ser. Suponha que você está ansioso para oferecer felicidade e fazer alguém feliz. Isso é uma boa coisa a se fazer. Mas se você não está feliz, então você não conseguirá fazer isso. A fim de fazer outra pessoa feliz, você deve estar feliz contigo mesmo. Logo, há uma ligação entre fazer e ser. Se você não tiver sucesso em ser, você não poderá ter êxito em fazer. Se você não sente que você está no caminho correto, felicidade não é possível. Essa é uma verdade para todos, se você não sabe para onde você está indo, você sofre. É muito importante compreender e enxergar seu verdadeiro caminho.
Felicidade significa sentir que você está no caminho certo a todo o momento. Você não precisa chegar ao fim da trajetória a fim de ser feliz. O caminho correto se refere às maneiras específicas com que você vive sua vida em todos os momentos. No Budismo, nós falamos sobre o Nobre Caminho Óctuplo: Entendimento Correto, Pensamento Correto, Linguagem Correta, Ação Correta, Meio de Vida Correto, Esforço Correto, Atenção Plena Correta e Concentração Correta. É possível para nós vivermos o Nobre Caminho Óctuplo em todos os momentos de nossas vidas diárias. Isso não apenas nos faz feliz, mas também torna as pessoas a nossa volta felizes. Se você praticar o caminho, você se tornará muito agradável, muito revigorado e muito compassivo. Olhe para a árvore em frente do pátio. Ela não parece estar fazendo coisa alguma. Ela fica lá, forte, revigorada e bonita e todo mundo obtém benefícios dela. Esse é o milagre de ser. Se uma árvore fosse menos do que uma árvore, todos nós estaríamos em problemas. Mas se uma árvore é apenas uma árvore verdadeira, então há esperança e alegria. Esse é o motivo pelo qual você pode ser você mesmo, isso já é ação. Ação é baseada em não-ação: ação é ser.
Questão: Eu fico ocupado desde muito cedo de manhã até altas horas à noite. Eu raramente estou sozinho. Onde em posso encontrar um lugar e tempo para contemplar em silêncio?
Thich Nhat Hanh: Silêncio é uma coisa que vem do seu coração, não do lado de fora. Silêncio não significa não conversar e não fazer coisas, significa que você não está perturbado interiormente. Se você for realmente silencioso, então não importa em qual situação você se encontre, você poderá aproveitar o silêncio. Há momentos quando você pensa que você está em silêncio e tudo a sua volta está quieto, mas há conversas constantes durante todo o tempo dentro de sua cabeça. Isso não é silêncio. A prática consiste em encontrar silêncio em todas as atividades que você faz.
Vamos mudar a forma com que pensamos e olhamos. Nós temos que perceber que esse silêncio vem de nosso coração e não da abstenção de falar. Sentar-se para comer o seu almoço pode ser uma oportunidade para você aproveitar o silêncio, mesmo que outros estejam falando, é possível para você estar muito silencioso em seu interior. O Buda era cercado por milhares de monges. Embora ele caminhasse, sentasse e comesse entre os monges e as monjas, ele sempre residia em seu silêncio. O Buda deixou muito claro que estar sozinho e calado não significa que você tem de ir para dentro de uma floresta. Você pode viver na Sangha, você pode estar num local comercial e ainda usufruir do silêncio e da solidão. Estar sozinho não significa que não há ninguém em volta de você. Estar sozinho significa que você está firmemente estabelecido no aqui e agora e que você está desperto de o que está acontecendo no presente momento. Você usa sua atenção plena para estar consciente de todos os sentimentos e percepções que você tem. Você está atento a o que está acontecendo a sua volta na Sangha, mas você sempre está contigo mesmo, você não perde a ti mesmo. Essa é a definição do Buda para a prática ideal de solidão: não ser levado para o passado ou carregado para longe pelo futuro, mas estar sempre aqui, corpo e mente unidos, desperto sobre o que está acontecendo no presente momento. Essa é a verdadeira solidão.
Questão: Eu estou com medo de perder minha mãe ou outro ente querido. Como eu posso transformar esse medo?
Thich Nhat Hanh: Nós podemos olhar profundamente para perceber que nossa mãe não está somente lá, mas aqui. Nossas mães e pais estão inteiramente presentes em todas as células de nossos corpos. Nós os carregamos para o futuro. Nós podemos aprender a conversar com o pai e a mãe dentro de nós. Eu frequentemente converso com minha mãe, meu pai e todos os meus ancestrais dentro de mim. Eu sei que eu sou somente uma continuação deles. Com esse tipo de Insight, você compreende que mesmo com a desintegração do corpo de sua mãe, ela ainda continua dentro de você, especialmente na forma de energias que ela criou em termos de pensamento, linguagem e ação. No Budismo nós chamamos essa energia de Karma. Karma significa ação, a ação tripla de pensar, falar e fazer.
Se você olhar profundamente, você perceberá logo a continuação de sua mãe dentro e fora de você. Todos os pensamentos, toda linguagem e toda ação dela agora continuam com ou sem a presença de seu corpo. Nós temos que vê-la profundamente. Ela não está confinada a seu corpo, e você não está confinado ao teu corpo. É muito importante compreender isso. Essa é a maravilha da meditação Budista: com a prática de olhar intensamente você consegue tocar sua própria natureza de não-nascimento e não-morte. Você toca a natureza de não-nascimento e o não-morte de seu pai, sua mãe, seu filho, de todas as coisas a sua volta. Somente esse Insight pode reduzir e remover o medo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://sangha-online.forumeiros.com
 

Respostas do Coração de Thich Nhat Hanh

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Prova de Bibliologia - Medite nas respostas...
» 125 perguntas sem respostas
» Bem Aventurados os Limpos de Coração
» Para entender o texto (Respostas)
» Coração "sempre" acelerado...

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Budismo - Sangha Online :: Estudos e conversas sobre as Escolas do Budismo :: Budismo Zen :: Ensinamentos em textos e vídeos-