Budismo - Sangha Online
DÚVIDAS SOBRE O BUDISMO?

Registre-se e nos envie sua pergunta que talvez possamos ajuda-lo, independente de sua religião!
Todos são bem-vindos para dialogarem e pesquisarem aspectos do Budismo. Registrando-se você poderá enviar suas dúvidas particularmente à Administração ou à Comunidade, como exemplos:

No Budismo não podemos ter desejos?
Como o Buddha comia carne? E o vegetarianismo?
O Nirvana é o vazio? É eterno e é uma extinção do ser?
O que significa não-eu? O Budismo é niilista?
O que é prazer no Budismo? E paz interior?
Budismo crê em Devas, logo ele é Politeísta?
No Budismo nos isolamos? Como se relacionar com pessoas?
Como meditar? Budismo crê em super-poderes?!
Posso praticar sem crer no renascimento?
Budismo é religião ou filosofia? Por que há tanta idolatria?


Dialogue sobre essas e outras questões aqui.


Comunidade dedicada a simpatizantes e seguidores (de todas as escolas) do Budismo, visando à pesquisa e ao diálogo. Participe!
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Se você já se registrou, apresente-se aqui e tire suas dúvidas sobre Budismo!
Registre-se para expor seus pontos de vista - isso independe de sua religião!
Bem-vindo
Bem-vindo ao Fórum Sangha Online!

Registre-se para dialogar com outras pessoas interessadas no Budismo e para ter acesso a todo o conteúdo para pesquisa sobre o mesmo.

Qualquer dúvida, ficaremos felizes em ajudar!
Últimos assuntos
» Grupo, sobre Budismo, no Whatsapp
por  matheus_ps
Ter 25 Jul 2017 - 0:26

» O Samsara
por  Erick
Qua 28 Jun 2017 - 12:46

» A Meditação e o Mosquito: Uma Reflexão Sobre Concentração e Virtude
por  Erick
Qua 28 Jun 2017 - 12:41

» A descrição de Arahants e Ariyas para Nirvana
por  Administrador
Dom 11 Jun 2017 - 8:07

» Bom dia - pergunta
por  Erick
Qui 1 Jun 2017 - 8:25

» Oferendas
por  Administrador
Sab 13 Maio 2017 - 13:54

» Meditação altera genes
por  Administrador
Sab 13 Maio 2017 - 13:16

» Sobre este Fórum: Fale sobre sua Experiência Meditativa
por  Administrador
Sab 13 Maio 2017 - 13:03

» Quem somos - Objetivos do Fórum
por  Administrador
Sab 13 Maio 2017 - 12:53

» Nova Tradição Kadampa [+Seita?]
por  Nyendrag Yeshe
Qua 10 Maio 2017 - 22:40

Geral
Quem somos
Regras Gerais
Apresente-se
Precisa de ajuda?
Por que Sangha Online?
O Básico do Budismo
Introdução ao Budismo
A Vida de Buda
Tire suas Dúvidas!
O que o Budismo não é
Como meditar
5 Preceitos para Virtude
Meditação altera genes
Dúvidas Frequentes
Budismo é religião?
Budismo é ateísta?
Como virar budista?
O que é Fé no Budismo?
Preciso ser vegetariano?
O que significa o Lótus?
Votação
Atualmente, qual preceito você tem mais dificuldade para manter?

 
Abstenção de matar intencionalmente.

 
Abstenção de tomar o que não foi dado (roubar).

 
Abstenção de conduta sexual imprópria.

 
Abstenção de linguagem incorreta.

 
Abstenção de tomar álcool e outros embriagantes.
Exibir resultados
Quem está conectado
2 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 2 Visitantes

Nenhum






Compartilhe | .
 

 Quais as proibições das 4 escolas?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
LeonMatryovsk

Discípulos
avatar

Masculino
Idade : 21
Local : Bahia
Define-se budista? : Sim
Mensagens : 27

Mensagem Qui 26 Set 2013 - 12:14

Eu havia lido no post "[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]" que os monges da escola Theravada não podem ouvir música, e nisso me despertou a curiosidade das proibições das 4 escolas.

As proibições são caso particular de cada escola ou todas tem as mesmas em comum ( como no caso de não ouvir musica )? Poderiam me dizer quais são essas proibições? 

Peço desculpas se postei no lugar errado, fiquei em dúvida se postava aqui ou nas Dúvidas sobre o Budismo. Rindo 

Espero que isso possa ajudar as pessoas que estão em dúvida em qual escola escolher seguir (assim como eu ).

Obs: Tenho conhecimentos dos Oito Preceitos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Administrador

Admin
avatar

Masculino
Local : SP
Define-se budista? : Sim
Mensagens : 472

Mensagem Qui 26 Set 2013 - 13:03

Acontece de às vezes se encaixar em mais de um Fórum, mas se você tivesse colocado no fórum sobre Dúvidas eu realmente teria trazido para cá, porque será muito pertinente ao assunto específico sobre as Escolas Sorridente 
Além disso, você fez uma pergunta difícil rsrs...
Eu nem vou saber te responder "totalmente" porque essa é uma questão muito complicada. Isso se deve ao fato de que, na teoria, temos 4 ramificações do Budismo, sendo 3 Escolas e a outra, a Mahayana, um conjunto de várias outras (Terra Pura, Nitiren, Shingon, entre outros). E nessa teoria, cada Escola tem suas próprias proibições. Acontece que dentro de cada Escola, existem tradições (ou subdivisões, depende da preferência de quem fala). Na Theravada, tem a Tradição da Birmânia, a Tradição do Sri Lanka, a Tradição das Florestas na Tailândia. No Zen tem a tradição Soto Shu assim como a tradição Rinkai. Na Escola Tibetana tem 5 tradições, eu não lembro de todas senão a Gelug e a Sakya, mas enfim, isso só para você ter uma ideia rs...
Além disso, em cada tradição (eu já vou parar por aqui, não se preocupe rs) existem linhagens provenientes de um mestre. Um exemplo simples: no final do século XX, Ajahn Mun fundou a Tradição das Florestas na Tailândia na Escola Theravada. Ele teve vários alunos, alguns que se destacaram foram: Ajahn Chah, Ajahn Lee e Ajahn Thate. Cada um desses três tiveram vários alunos e assim fizeram uma linhagem. Então, Ajahn Sumedho, que foi discípulo de Ajahn Chah, faz parte da Escola Theravada - Tradição das Florestas da Tailândia - Linhagem de Ajahn Chah. Ajahn Thanissaro faz parte da Escola Theravada - Tradição das Florestas da Tailândia - Linhagem de Ajahn Lee. Mas por que estou fazendo essa confusão toda?
Porque mesmo dentro de uma escola as regras podem ser abordadas de forma diferente.
Se eu não estou enganado, ouvir música e participar de atos sexuais são expressamente proibidos em todas as Escolas. Mas veja bem: o celibato é um voto monástico presente em todas, inclusive no Zen. Apesar disso, existem linhagens do Zen que permitem que os monges se casem e até tenham filhos. Na teoria, a Escola Zen segue o celibato, mas na prática, algumas linhagens não seguem.
Essas regras monásticas nem existiam no começo da carreira de Buda. Só que quando a sociedade de monges cresceu e alguns começaram a agir de maneira inapropriada, Buda começou a instituir regras e formou o Patimokkha, contido no Vinaya.
O Tipitaka, os escritos em páli mais antigos do Budismo, é dividido em três pitakas, como diz o nome, em três cestos: Sutta Pitaka, Vinaya Pitaka e Abhiddhama Pitaka. O Vinaya Pitaka trata dessa parte de regras de conduta.
Divergências em relação ao Vinaya foi o primeiro motivo de debate entre os monges depois do falecimento de Buda que viria a dividir o Budismo em várias Escolas. Mas será que o Vinaya muda muito de uma Escola para a outra? Não muito. Veja o que está disponibilizado no site [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (lembrando que Bhikkhu é monge em páli, Bhikkhuni monja em páli; Bhikshu é monge em sânscrito, bhikshuni é monja em sânscrito):
No coração do Vinaya está o conjunto de regras conhecidas como Patimokkha (Pāli), ou Pratimoksha (em sânscrito). Eventualmente, diferentes Vinayas foram surgindo no budismo tendo em conta as diferenças geográficas ou culturais das diferentes escolas budistas que se foram desenvolvendo. Os Vinayas são os mesmos em essência e têm pequenas diferenças apenas. Os budistas na Birmânia, Camboja, Laos, Sri Lanka e Tailândia seguem o Vinaya Theravada, que tem 227 regras para os bhikkhus e 311 para as bhikkhunis. Os budistas na China, Coréia, Taiwan e Vietnam seguem o Vinaya Dharmaguptaka que tem 250 regras para os bhikkhus e 348 regras para as bhikkhunis. Os Budistas no Tibete e Mongólia seguem o Vinaya Mūlasarvāstivāda, que tem 253 regras para bhikshus e 364 regras para bhikshunis (em teoria, pois a Ordem do sexo feminino nunca foi introduzida no Tibet).
Perceba que o Japão não é citado. Logo, o Budismo Shingon, Zen e Tendai não seguem o Vinaya, apesar de que seus ascendentes chineses, como o Chan para o Zen e o Tiantai para o Tendai podem vir a seguir o Vinaya Dharmaguptaka.
Agora eu não sei te dizer quais as diferenças de proibições, mas não são muitas, e só valem para os monges. Afinal, essas regras Buda instituiu para auxiliar na concentração e prática dos monges, visto que para alguns, a música pode ser algo que distraia. Apesar disso, um monge pode ouvir música com desapego, mas ele a evita durante sua prática.
Então, não sei dizer bem a diferença, mas se quiser ler o que o Buda disse sobre regras de virtude para monges, você pode ler o trecho abaixo do [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], em que o Buda aborda praticamente os 3 fatores de Virtude do Nobre Caminho Óctuplo (Linguagem, Ação e Meio de Vida corretos) e os 10 preceitos tomados por alguém que está em preparação para ser ordenado como monge (esses são, além dos 8 preceitos, abstenção de dinheiro e de deitar em leitos elevados):
Clique aqui para ler a seção sobre Virtude do Samaññaphala Sutta:
 
(A Pequena Seção sobre a Virtude)
“E como um bhikkhu é consumado em virtude? Abandonando tirar a vida de outros seres, ele se abstém de tirar a vida de outros seres; ele permanece com a sua vara e arma postas de lado, bondoso e gentil, compassivo com todos os seres vivos. Isto é parte da sua virtude.
Abandonando tomar o que não seja dado, ele se abstém de tomar o que não é dado; tomando somente aquilo que é dado, aceitando somente aquilo que é dado, não roubando ele permanece puro. Isto, também, é parte da sua virtude.
Abandonando o não celibato, ele vive uma vida celibatária, vive separado, abstendo-se da prática vulgar do ato sexual. Isto, também, é parte da sua virtude.
Abandonando a linguagem mentirosa, ele se abstém da linguagem mentirosa. Ele fala a verdade, mantém a verdade, é firme e confiável, não é um enganador do mundo. Isto, também, é parte da sua virtude.
Abandonando a linguagem maliciosa, ele se abstém da linguagem maliciosa. O que ele ouviu aqui ele não conta ali para separar aquelas pessoas destas. O que ele ouviu lá ele não conta aqui para separar estas pessoas daquelas. Assim ele reconcilia aquelas pessoas que estão divididas, promove a amizade, ele ama a concórdia, se delicia com a concórdia, desfruta da concórdia, diz coisas que criam a concórdia. Isto, também, é parte da sua virtude.
Abandonando a linguagem grosseira, ele se abstém da linguagem grosseira. Ele diz palavras que são gentis, que agradam aos ouvidos, carinhosas, que penetram o coração, que são corteses, desejadas por muitos e que agradam a muitos. Isto, também, é parte da sua virtude.
Abandonando a linguagem frívola, ele se abstém da linguagem frívola. Ele fala na hora certa, diz o que é fato, aquilo que é bom, fala de acordo com o Dhamma e a Disciplina; nas horas adequadas ele diz palavras que são úteis, racionais, moderadas e que trazem benefício. Isto, também, é parte da sua virtude.
Ele se abstém de danificar sementes e plantas.
Ele come somente uma vez ao dia, privando-se da refeição noturna e de alimentos nas horas incorretas.
Ele se abstém de dançar, cantar, ouvir música e de ver espetáculos de entretenimento.
Ele se abstém de usar ornamentos, usar perfumes e de embelezar o corpo com cosméticos.
Ele se abstém de deitar em leitos elevados e luxuosos.
Ele se abstém de aceitar ouro e dinheiro.
Ele se abstém de aceitar grãos que não estejam cozidos ... carne crua ... mulheres e garotas ... escravos e escravas ... cabras e ovelhas ... aves e porcos ... elefantes, gado, cavalos e éguas ... terras e propriedades.
Ele se abstém de fazer pequenas tarefas e levar mensagens ... de comprar e vender ... de lidar com balanças falsas, metais falsos, falsas medidas ... do suborno, burla e fraude.
Ele se abstém de mutilar, executar, aprisionar, roubar, pilhar e violentar.
Isto, também, é parte da sua virtude."
(A Seção Intermediária sobre a Virtude)
"Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, estão habituados a danificar sementes e plantas tais como estas - plantas que se propagam pelas raízes, caules, juntas, germinações, e sementes - ele se abstém de danificar sementes e plantas tais como essas. Isto, também, é parte da sua virtude.
Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, estão habituados a consumir mercadorias armazenadas tais como estas - comida armazenada, bebidas armazenadas, roupas armazenadas, veículos armazenados, roupas de cama armazenadas, perfumes armazenados, carne armazenada - ele se abstém de consumir mercadorias armazenadas como esssas. Isto, também, é parte da sua virtude.
Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, estão habituados a assistir espetáculos tais como estes – danças, canto, instrumentos musicais, recitações de baladas, bater palmas, címbalos e tambores, cenas pintadas, truques acrobáticos e de súplicas, luta de elefantes, luta de cavalos, luta de búfalos, touradas, luta de bodes, luta de carneiros, briga de galos, luta de codornas; luta com paus, boxe, luta livre, jogos de guerra, listas de chamada, planos de batalha, e paradas militares – ele se abstém de assistir espetáculos como esses. Isto, também, é parte da sua virtude.
Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, estão habituados a jogos insensatos e ociosos tais como estes – xadrez de oito filas, xadrez de dez filas, xadrez no ar, amarelinha, jogo de varetas, dados, jogos com paus, desenhos com a mão, jogos com bola, soprar flautas de brinquedo, brincar com arados de brinquedo, piruetas, brincar com moinhos de vento de brinquedo, medidas de brinquedo, carruagens de brinquedo, arcos de brinquedo, adivinhar letras desenhadas no ar, adivinhar pensamentos, imitando deformidades – ele se abstém de jogos insensatos e ociosos tais como esses. Isto, também, é parte da sua virtude.
Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, estão habituados a uma mobília alta e luxuosa tais como essas – sofás de grande tamanho, enfeitados com animais esculpidos; colchas felpudas, com retalhos multicoloridos, de lã branca, de lã bordadas com flores ou figuras de animais, acolchoadas, com franjas, de seda bordadas com pedras preciosas; tapetes grandes de lã; tapetes com elefantes, com cavalos e carruagens, de pele de antílope, de pele de gamo; camas com baldaquino, com almofadas vermelhas para a cabeça e os pés – ele se abstém de usar mobílias altas e luxuosas tais como essas. Isto, também, é parte da sua virtude.
Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, estão habituados a perfumes, cosméticos, e meios de embelezamento tais como estes – pós para massagear o corpo, massagem com óleos, banho em água perfumada, massagem nos membros, usar espelhos, pomadas, ornamentos, perfumes, cremes, pós de arroz, máscara, braceletes, tiaras, bengalas decoradas, garrafas de água ornamentadas, espadas, guarda sóis enfeitados, sandálias decoradas, turbantes, pedras preciosas, espanador feito de pelos de yak, túnicas longas com franjas – ele se abstém de usar perfumes, cosméticos e meios de embelezamento tais como esses. Isto, também, é parte da sua virtude.
Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, estão habituados a falar de tópicos inferiores tais como estes – falar sobre reis, ladrões, ministros de estado, exércitos, alarmes e batalhas; comida e bebida, roupas, mobília, ornamentos e perfumes, parentes; veículos; vilarejos, vilas, cidades, o campo; mulheres e heróis; as fofocas das ruas e do poço; contos dos mortos; contos da diversidade (discussões filosóficas do passado e futuro), a criação do mundo e do mar e falar sobre a existência ou não das coisas – ele se abstém de falar de tópicos inferiores tais como esses. Isto, também, é parte da sua virtude.
Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, estão habituados a debates tais como estes – ‘Você entende esta doutrina e disciplina? Eu sou aquele que entende esta doutrina e disciplina. Como pode você entender esta doutrina e disciplina? A sua prática é incorreta. Eu pratico corretamente. Eu sou consistente. Você não é. O que deve ser dito primeiro você fala por último. O que deve ser dito por último você fala primeiro. O que lhe tardou tanto tempo para pensar foi refutado. A sua doutrina foi derrubada. Você está derrotado. Vá e tente salvar a sua doutrina; solte a si mesmo se você puder!’ – ele se abstém de debates tais como estes. Isto, também, é parte da sua virtude.
Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, estão habituados a levar mensagens e fazer pequenas tarefas para pessoas tais como estas – reis, ministros de estado, nobre guerreiros, brâmanes, contemplativos, chefes de família, ou jovens (que dizem), ‘Venha aqui, vá ali, leve isto lá, vá buscar e traga isto aqui’ – ele se abstém de levar mensagens e fazer pequenas tarefas para pessoas como essas. Isto, também, é parte da sua virtude.
Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, se ocupam com tramar, persuadir, aconselhar, depreciar e perseguir o ganho com o ganho, ele se abstém de tramar, persuadir, aconselhar, depreciar e perseguir o ganho com o ganho (maneiras inadequadas de obter apoio material de doadores). Isto, também, é parte da sua virtude."
(A Grande Seção sobre a Virtude)
"Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, mantêm a si mesmos através de um modo de vida incorreto, por meio de artes inferiores tais como:
leitura de marcas nos membros [ex: quiromancia];
leitura de presságios e sinais;
interpretação de eventos celestiais [estrelas cadentes, cometas];
interpretação de sonhos;
leitura de marcas no corpo [ex: frenologia];
leitura de marcas em tecidos roídos por ratos;
oblação oferecida com o fogo, oblação de uma concha, oblação de palhas, pó de arroz, gorduras, e óleo;
oferecer oblações com a boca;
oferecer sacrifícios de sangue;
fazer previsões baseadas nas pontas dos dedos;
geomancia;
deitar demônios em um cemitério;
colocar feitiços em espíritos;
recitar feitiços protetores em casas;
encantar serpentes, xamanismo com venenos, xamanismo com escorpiões, xamanismo com ratos, xamanismo com pássaros, xamanismo com corvos;
ler a sorte com base em visões;
dar encantos protetores;
interpretar o chamado de pássaros e animais
ele se abstém do modo de vida incorreto, através de artes inferiores tais como essas.
Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, mantêm a si mesmos através de um modo de vida incorreto, através de artes inferiores tais como: determinar o que traz e não traz a sorte com pedras preciosas, roupas, bengalas, espadas, lanças, flechas, arcos, e outras armas; mulheres, meninos, meninas, escravos, escravas; elefantes, cavalos, búfalos, touros, vacas, bodes, carneiros, aves, codornas, lagartos, roedores com orelhas grandes, tartarugas, e outros animais – ele se abstém do modo de vida incorreto, através de artes inferiores tais como essas.
Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, mantêm a si mesmos através de um modo de vida incorreto, através de artes inferiores como prever que:
os regentes marcharão para a frente;
os regentes marcharão para a frente e retornarão;
nossos regentes atacarão e os regentes deles recuarão;
os regentes deles atacarão e os nossos regentes recuarão;
haverá triunfo para os nossos regentes e derrota para os regentes deles;
haverá triunfo para os regentes deles e derrota para os nosso regentes;
dessa forma haverá triunfo, dessa forma haverá derrota -
ele se abstém do modo de vida incorreto, através de artes inferiores tais como essas.
Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, mantêm a si mesmos através de um modo de vida incorreto, através de artes inferiores como prever que:
haverá um eclipse lunar;
haverá um eclipse solar;
haverá a ocultação de um astro;
o sol e a lua continuarão no seu curso normal;
o sol e a lua sairão do caminho;
os astros seguirão no seu curso normal;
os astros sairão do caminho;
haverá uma chuva de meteoros;
haverá um escurecimento do céu;
haverá um terremoto;
haverá trovões vindo de um céu claro;
haverá um nascer, um por, um escurecimento, um brilho mais intenso do sol, lua, e astros;
assim será o resultado do eclipse lunar...o nascer, por, escurecimento, brilho mais intenso do sol, lua e astros -
ele se abstém do modo de vida incorreto, através de artes inferiores tais como essas.
Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, mantêm a si mesmos através de um modo de vida incorreto, por meio de artes inferiores como prever que:
haverá chuva em abundância; haverá uma seca;
haverá abundância; haverá fome;
haverá paz e segurança; haverá insegurança;
haverá doença; não haverá doença;
ou eles ganham a vida fazendo contas, contabilidade, cálculos, compondo poesias, ou ensinando artes e doutrinas hedonísticas -
ele se abstém do modo de vida incorreto, através de artes inferiores tais como essas.
Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, mantêm a si mesmos através de um modo de vida incorreto, por meio de artes inferiores como:
calcular as datas mais auspiciosas para casamentos, noivados, divórcios; para cobrar dívidas ou fazer investimentos e empréstimos; para ser atraente ou não atraente; curar mulheres que abortaram;
recitar feitiços para amarrar a língua de um homem, para paralisar a sua mandíbula, para fazer com que ele perca o controle das mãos, ou torná-lo surdo;
obter respostas de oráculo a questões dirigidas a um espelho, a uma jovem garota, ou a um médium espiritual;
cultuar o sol, cultuar o Grande Brahma, fazer sair chamas pela boca,
invocar à deusa da sorte -
ele se abstém do modo de vida incorreto, através de artes inferiores tais como essas.
Enquanto que alguns brâmanes e contemplativos, vivendo de alimentos dados em boa fé, mantêm a si mesmos através de um modo de vida incorreto, através de artes inferiores como:
prometer presentes para divindades em troca de favores; cumprir essas promessas;
demonologia;
ensinar feitiços que protegem as casas;
induzir virilidade e impotência;
consagrar terrenos para construção;
dar colutórios cerimoniais e banhos cerimoniais;
oferecer fogueiras de sacrifício;
preparar eméticos, purgativos, expectorantes, diuréticos, curas para dor de cabeça; preparar óleo para os ouvidos, gotas para os olhos, óleo para tratamento através do nariz, colírio e antídotos; curar cataratas, praticar cirurgia, praticar pediatria, prescrever medicamentos e tratamentos para curar efeitos colaterais -
ele se abstém do modo de vida incorreto, através de artes inferiores tais como essas.
Um monge consumado em virtude dessa forma, não vê perigo em lugar nenhum pela sua contenção através da virtude. Da mesma forma, como um rei ungido, nobre guerreiro, que derrotou os seus inimigos não vê perigo em lugar nenhum, da mesma forma, um bhikkhu consumado em virtude dessa forma não vê perigo em lugar nenhum pela sua contenção através da virtude. Dotado desse nobre agregado da virtude, ele experimenta dentro de si uma felicidade que é imaculada. Assim é como um bhikkhu é consumado em virtude.
Na primeira vez que li fiquei assustado e um pouco inconformado. Que vida de monge é essa? Por que o Buda era tão frio? Mas aos poucos tenho percebido que é apenas para ajudar na prática, mas é meio "rígido" na primeira vez que lemos Envergonhado 
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://sangha-online.forumeiros.com
LeonMatryovsk

Discípulos
avatar

Masculino
Idade : 21
Local : Bahia
Define-se budista? : Sim
Mensagens : 27

Mensagem Sab 5 Out 2013 - 12:01

Agora entendo perfeitamente, eu achava que tais regras eram universais: serviam para Monges e Leigos. Já sentia uma certa aflição por achar que estava cometendo várias " irregularidades " (pretendo seguir os ensinamentos da escola Theravada; foi a qual me identifiquei mais ao ler o post: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]).

De fato, bem rígido da parte de Buda, mas eu entendo que foi para facilitar e ajudar os monges em seu caminho á Iluminação.Quando li que até " bater palmas " era proibido, de fato fiquei meio " tenso " por ser algo tão simples...Envergonhado 

Mas Mr. ADM, eu peço que me responda uma dúvida... Quando Buda disse " deitar demônios em um cemitério ", o que ele quis dizer? Não entendi bem isso... Envergonhado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Administrador

Admin
avatar

Masculino
Local : SP
Define-se budista? : Sim
Mensagens : 472

Mensagem Seg 7 Out 2013 - 13:12

LeonMatryovsk escreveu:
De fato, bem rígido da parte de Buda, mas eu entendo que foi para facilitar e ajudar os monges em seu caminho á Iluminação.Quando li que até " bater palmas " era proibido, de fato fiquei meio " tenso " por ser algo tão simples... Envergonhado  

Na verdade é bem controverso isso tudo Confuso 
A intenção do Buda era simplificar a vida dos praticantes e estimular a Atenção Plena e Autoconsciência. Mas muito importante, em alguns casos, é a intenção do praticante. Ontem eu assisti um discurso do Ajahn Brahmavamso, monge theravada, e ele bateu palmas ao final. No Zen, os mestres fazem desenhos de letras japonesas a fim de treinarem atenção plena. Muitos mestres vistos como Arahants, como Ajahn Chah, muitas vezes não mostravam praticar de acordo com o Vinaya - o código de disciplina monástica. Um exemplo para você perceber o que estou querendo dizer: Ajahn Chah recebia muitos visitantes leigos e monges que queriam ouvir uma palestra dele. Às vezes ele passava todo um dia ensinando, ao que seus discípulos questionavam: "Você diz para dormir pouco e falar pouco, mas você fica falando o dia todo com esses visitantes!". Às vezes Ajahn Chah, e mesmo o Buda em pessoa, falava com um tom grave que parecia mostrar até raiva e, assim, Linguagem Incorreta, mas na verdade era para alertar e frear alguém de fazer algo inábil.
Eu vejo essas leis monásticas como importante para os iniciantes, mas creio que quando se atinge o estado de Arahant ou Anagami, muitas regras são "transcendidas". É importante olhar a intenção. Você pode falar com uma voz com raiva, mas isso pode não ser Linguagem Incorreta porque você não está falando por Apego, apegado a ideia de machucar alguém ou convencer alguém de que você está certo, mas isso pode ser compassivo! O problema é que para iniciantes isso é mais difícil, porque podemos pensar que estamos com boa intenção, mas não estamos - nossas visões estão muito distorcidas, como diria a Psicologia, por filtros, e assim não vemos corretamente. Por isso é bom tomar algumas regras no início.
Ajahn Chah ilustrou isso uma vez num discurso sobre o Vinaya. Há uma regra aos monges theravada, acho que as outras Escolas não seguem muito essa regra, de que só se pode comer até o meio-dia. Ajahn Chah disse que a intenção é importante. Um monge pode olhar para o céu e, sem ter algum relógio, presume que já se passou do meio-dia de acordo com a posição do Sol. Mas, por estar com fome, ele ainda assim vai comer alguma coisa. Então, ele descobre que são apenas 11:30! "Ufa, não desobedeci uma regra do Vinaya!" - errado! Ele agiu com Intenção Incorreta. Comer pouco faz parte de todo um treinamento, e estipular uma hora é apenas uma convenção, mas mesmo que você a atenda com intenção incorreta, você não está agindo de acordo com o objetivo central: purificar a intenção e treinar a mente.
No Zen tem um Koan que fala sobre isso também. Dois monges, mestre e discípulo, veem uma mulher tentando atravessar um riacho e há uma regra: um monge não pode tocar numa mulher. Então, o mestre pega a mulher e a leva ao outro lado, e depois todos continuam suas caminhadas. O discípulo não se conformou com aquilo e questionou o mestre, ao que ele respondeu: "Eu já larguei a mulher na margem do rio, você ainda a está segurando (apegando)?". Então, o centro de todas essas regras é Intenção, e eu creio que Arahants já nem precisam muito dessas regras, por eles são capazes de pegar dinheiro e outras coisas sem qualquer cobiça em mente. Agora, aqueles que não alcançaram a Iluminação tem mais dificuldade, então, se puderem evitar essas situações, ficará mais fácil treinar e a prática será contínua. Logo, não se pode se apegar rigidamente às regras, é importante ver qual a intenção delas: purificar a intenção rs.
Geralmente quando alguém bate palmas ou ouve música, ele fica distraído ou apegado àquilo. Agora, alguém que passou anos no treinamento, pode fazer isso sem apego algum, mas geralmente nesses anos de treinamento ele evitou essas situações ao máximo. Ajahn Brahm, por exemplo, eu vi ele batendo palmas, ele conta muitas piadas, na verdade há muitas coisas controversas a respeito dele e eu já duvidei muito dele. Mas quando você lê um discurso que ele dá a monges, você fica até abismado, porque não parece que é ele. Com os leigos ele é bastante humorado, e com os monges bastante sério, ele é até famoso por ser rígido no treinamento. Ele é muito famoso, viaja para Tailândia, Singapura, Sri Lanka, vários países e até faz programas em televisão, e quando eu li dele falando do perigo de se apegar à fama num palestra do Dharma e como ele lidava com a situação eu fiquei surpreso, porque você percebe que ele só se atreveu a agir como age depois de muito treinamento. Toda piada que ele faz eu acho que ele faz com muita consciência - ele já disse que quando alguém está alegre, a mente está receptiva e pronta para ver o Dharma: na verdade é isso o que fazemos na prática, a mente fica leve e feliz na meditação e compreende a realidade. Então, eu penso que ele bate palmas e dá programas de TV de uma forma leve e bem auto-controlada, acho que ele já treinou sob essas regras e dominou bem a sua mente para fazer coisas, que antes não podia, sem qualquer apego. Eu sempre questionei muito ele e, assim, comecei a ler muitos textos dele e depois de muita observação e consideração, isso levou meses, hoje eu o adoto como meu "mestre", minha prática se baseia em vários métodos que ele ensina. Por isso, cuidado se você observar o comportamento de Iluminados ou próximos disso. Essas regras são a base da prática, não devemos ser rígidos demais, mas adotá-las é muito útil.
LeonMatryovsk escreveu:
Mas Mr. ADM, eu peço que me responda uma dúvida... Quando Buda disse " deitar demônios em um cemitério ", o que ele quis dizer? Não entendi bem isso... Envergonhado 
Esse eu não tive curiosidade de saber quando li, mas quando vi sua pergunta fui pesquisar. Não encontrei nada a respeito mesmo pesquisando em inglês. Não faço ideia do que seja também rsrs.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://sangha-online.forumeiros.com
megazeh

Discípulos
avatar

Masculino
Define-se budista? : Sim
Mensagens : 1

Mensagem Qua 28 Jan 2015 - 12:11

Citação :


Mas Mr. ADM, eu peço que me responda uma dúvida... Quando Buda disse " deitar demônios em um cemitério ", o que ele quis dizer? Não entendi bem isso... Envergonhado


Creio que seja para não ligar sentimentos baixos a pessoas que já passaram para a próxima existência. Mas não estou com certeza.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado



Mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Quais as proibições das 4 escolas?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» quais sao as diferenças entre o Cristianismo e o Judeu Messianico?
» utilidade publica: quais cuidados que devemos ter com o cpf?
» Quais as traduções dessas frases?
» Quais os ângulos formados
» [Resolvido]Quais as traduções dessas frases?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Budismo - Sangha Online :: Estudos e conversas sobre as Escolas do Budismo :: As 4 ramificações gerais do Budismo-